Governo se pronuncia sobre brasileiros classificados na lista de espera de concursos; entenda

O governo federal, através do Ministério da Gestão e da Inovação em Serviços Públicos (MGI), anunciou uma novidade em relação ao Concurso Nacional Unificado, também conhecido como o “Enem dos Concursos”. A ação envolve possíveis contratações, o que animou os participantes. Veja.

Governo se pronuncia sobre brasileiros classificados na lista de espera de concursos; entenda
Governo se pronuncia sobre brasileiros classificados na lista de espera de concursos; entenda. Imagem: FDR

As pessoas no cadastro de reserva do Concurso poderão ser convocadas para suprir eventual necessidade de contratação por tempo determinado. A regra vale para os candidatos que tiveram nota de classificação mas não ficaram dentro das vagas disponíveis.

O governo justificativa a medida em razão de dar agilidade às contratações temporárias. Elas podem demorar até um ano para serem efetivadas. 

Como participar do Enem dos concursos?
  • Os candidatos vão pagar uma única taxa de inscrição e concorrer a várias vagas dentro de uma mesma área de atuação;
  • No momento da inscrição, o candidato escolhe uma das áreas de atuação que estarão disponíveis no edital;
  • Depois, o candidato deverá indicar seu cargo/carreira por ordem de preferência entre as vagas disponíveis dentro daquela área de atuação;
  • A prova será aplicada em um único dia em duas etapas. A primeira, formada por questões objetivas com matriz comum a todos os candidatos.
  • Já a segunda, com questões específicas e dissertativas de cada área de atuação;
  • Após a prova, poderão ser agregadas, a critério dos órgãos ou por determinação legal de carreiras específicas, pontuações relativas à titulação acadêmica, experiência profissional, apresentação de memoriais, provas práticas etc.
  • Para o preenchimento das vagas, a banca vai avaliar o desempenho do candidato na prova e também a ordem de preferência que ele determinou para os cargos.

Onde serão as provas?

As provas do “Enem dos concursos” serão realizadas em 180 cidades brasileiras. Para definir esses locais, foram selecionados municípios com mais de 100 mil habitantes, de acordo com dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Caso o município selecionado não tenha estrutura suficiente para a realização do concurso, as provas serão aplicadas em cidades próximas, segundo a comissão organizadora.

Vittoria Fialho
Jornalista formada pela Universidade Católica de Pernambuco, já esteve como repórter no Diario de Pernambuco e no Portal NE45 Minutos. Nos veículos, fez parte das editorias de redes sociais e esportes. Também acumula experiência na assessoria de imprensa do Clube Náutico Capibaribe. Suas redes sociais são: @vtfialho e [email protected].