Concurso Nacional Unificado: Vagas, cronogramas e mais informações que você precisa saber

Pontos-chave
  • Edital foi publicado pelo MGI
  • Seleção oferece cargos de nível médio e superior
  • Candidatos parovados serão convocados em agosto

O Concurso Nacional Unificado terá provas em mais de 200 cidades brasileiras. Ao todo os candidatos vão concorrer a 6.640 vagas de emprego em 2 órgãos federais. O Enem dos Concursos, como também é chamado, abre inscrições em breve.

Concurso Nacional Unificado: Vagas, cronogramas e mais informações que você precisa saber
Concurso Nacional Unificado: Vagas, cronogramas e mais informações que você precisa saber (Imagem: FDR)

O maior processo seletivo já aplicado no país acaba de ganhar mais um capítulo. O edital do Concurso Nacional Unificado foi divulgado na última quarta-feira, 10, trazendo novas informações. A seleção conta com vagas em órgãos federais, incluindo ministérios, agências e institutos.

Vagas do Concurso Nacional Unificado

Confira abaixo quais são as vagas disponíveis nesse processo seletivo:

  • Ministério da Gestão e vagas transversais – 1.480 vagas
  • Ministério do Trabalho e Emprego – 900 vagas
  • IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) – 895 vagas
  • Incra (Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária) – 742 vagas
  • Ministério da Agricultura – 520 vagas
  • Funai (Fundação Nacional dos Povos Indígenas) – 502 vagas
  • AGU (Advocacia-Geral da União) – 400 vagas
  • Ministério da Ciência e Tecnologia – 296 vagas
  • Ministério da Saúde – 220 vagas
  • Ministério da Justiça – 130 vagas
  • Ministério da Indústria – 110 vagas
  • Ministério da Educação – 70 vagas
  • Ministério do Planejamento – 60 vagas
  • Ministério da Cultura – 50 vagas
  • Inep (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais) – 50 vagas
  • Previc (Superintendência Nacional de Previdência Complementar) – 40 vagas
  • Ministério dos Direitos Humanos – 40 vagas
  • Aneel (Agência Nacional de Energia Elétrica) – 40 vagas
  • ANS (Agência Nacional de Saúde Suplementar) – 35 vagas
  • Ministério dos Povos Indígenas – 30 vagas
  • Antaq (Agência Nacional de Transportes Aquaviários) – 30 vagas

Etapas do Concurso

  1. Provas objetivas de conhecimentos gerais e conhecimentos específicos e prova discursiva de caráter classificatório e eliminatório.
  2. Perícia médica (avaliação biopsicossocial): reserva de vagas para pessoas com deficiência.
  3. Procedimento de verificação da condição declarada: reserva de vagas para pessoas negras.
  4. Procedimento de verificação documental complementar: reserva de vagas para indígenas.

Vale lembrar que a fase 4 será aplicada apenas a alguns cargos, àqueles que exigem avaliação de títulos.

Inscrições e isenção no Concurso Nacional Unificado

As inscrições serão feitas exclusivamente pela internet, pela plataforma Gov.br, independente do nível da conta. Para aqueles com dificuldade de acesse será disponibilizado um suporte virtual com atendimento humano, ou seja, sem robôs.

Para quem não tem acesso à internet o Ministério da Gestão e Inovação em Serviços Públicos busca firmar parceria com o Banco do Brasil e os Correios. Esse trabalho conjunto vai oferecer espaços para as pessoas se inscrevem na seleção.

Para os cargos na Funai também será ofertado o atendimento nas sedes da instituição.

A isenção será concedida aos candidatos nas seguintes situações:

  • Inscritos no Cadastro Único (CadÚnico);
  • Candidatos que tenham sido bolsistas do Prouni;
  • Concurseiros que fizeram uso do financiamento do FIES.

Para os demais candidatos a taxa de inscrição terá o valor de R$ 60 para cargos de nível médio; e R$ 90 para cargos de nível superior.

Concurso Nacional Unificado: Vagas, cronogramas e mais informações que você precisa saber (Imagem: FDR)
Concurso Nacional Unificado: Vagas, cronogramas e mais informações que você precisa saber (Imagem: FDR)

Blocos temáticos do Enem dos Concursos

São fazer a inscrição o candidato terá que selecionar o bloco temático em que deseja concorrer; confira abaixo:

  1. Infraestrutura, Exatas e Engenharias – 727 vagas
  2. Tecnologia, Dados e Informação – 597 vagas
  3. Ambiental, Agrário e Biológicas – 530 vagas
  4. Trabalho e Saúde do Servidor – 971 vagas
  5. Educação, Saúde, Desenvolvimento Social e Direitos Humanos – 1.016 vagas
  6. Setores Econômicos e Regulação – 359 vagas
  7. Gestão Governamental e Administração Pública – 1.748 vagas
  8. Nível Intermediário – 692 vagas

Lembrando que um mesmo ministério pode ter vagas em mais de um bloco, por isso é interessante que o candidato procure a vaga a partir da sua especialidade.

Como serão as provas do Enem dos Concursos?

As provas do Concurso Nacional Unificado serão aplicadas em dois turnos no dia 5 de maio de 2024, com a seguinte divisão:

Matutino

  • Nível superior: provas objetivas e conhecimentos gerais (20 questões) + prova discursiva de conhecimentos específicos.
  • Nível médio: provas objetivas (20 questões)

Vespertino

  • Nível superior: provas objetivas de conhecimentos específicos (50 questões)
  • Nível médio: prova objetiva (40 questões)

Cronograma do Enem dos Concursos

  • 10/01/2024 – publicação do edital
  • 19/01 a 09/02/2024 – inscrições
  • 29/02/2024 – divulgação dos dados finais de inscrições
  • 29/04/2024 – divulgação dos cartões de confirmação
  • 05/05/2024 – aplicação das provas
  • 03/06/2024 – divulgação dos resultados das provas objetivas e preliminares das provas discursivas e de redação
  • 30/07/2024 – divulgação final dos resultados
  • 05/08/2024 – início da convocação para posse e cursos de formação

Os editais podem ser consultados no site oficial. Para saber os cargos disponíveis em cada órgão, clique aqui.

Jamille Novaes
Baiana, formada em Letras Vernáculas pela UESB, pós-graduada em Gestão da Educação pela Uninassau. Apaixonada por produção textual, já trabalhou como corretora de redação, professora de língua portuguesa e literatura. Atualmente se dedica ao FDR e a sua segunda graduação.