Enem do emprego revela locais de provas em 220 cidades; veja a lista

Processo seletivo conta com 6.640 vagas em mais de 20 órgãos públicos federais. As provas do Enem do emprego serão aplicadas em maio desse ano em 220 cidades brasileiras. Veja detalhes.

Enem do emprego revela locais de provas em 220 cidades; veja a lista
Enem do emprego revela locais de provas em 220 cidades; veja a lista (Imagem: FDR)

A hora de conquistar uma vaga em cargo público é agora, com o Enem do emprego. a seleção é inédita do país e reúne centenas de vagas em 21 órgãos públicos federias. Entre eles o Ministério da Saúde, Funai, AGU, Ministério da Educação, IBGE e outros.

Inicialmente foram divulgadas 217 cidades com aplicação de provas, mas, o Ministério da Gestão e Inovação em Serviços Públicos decidiu ampliar esse número.

Informações importantes sobre o Enem do emprego

  • O Concurso Nacional Unificado será aplicado durante todo o dia 5 de maio.
  • As inscrições poderão ser feitas de 19 de janeiro a 9 de fevereiro.
  • A taxa de inscrição para os cargos de nível médio será de R$ 60
  • Para os cargos de nível superior a taxa será de R$ 90.
  • Das 6.640 vagas, 5.948 são para nível superior completo e 692 são de nível médio.
  • O Nordeste é a região com maior número de cidades com aplicação de provas, 50 ao todo.
  • Em seguida está o Sudeste com 49 cidades; seguido do Norte com 39; Sul com 23 e Centro-Oeste com 18.
  • Para ver quais são as cidades, acesse a lista completa.

Blocos temáticos

Outra novidade é que os candidatos contarão com blocos temáticos, eles englobam as vagas disponíveis nessa seleção. É possível que um mesmo órgão esteja em mais de um bloco.

Por isso o ideal é que o candidato procure pela sua formação para encontrar uma vaga de emprego. veja abaixo quais são esses blocos:

  • Bloco 1 – Infraestrutura, Exatas e Engenharias – 727 vagas
  • Bloco 2 – Tecnologia, Dados, e Informação – 597 vagas
  • Bloco 3 – Ambiental, Agrário e Biológicas – 530 vagas
  • Bloco 4 – Trabalho e Saúde do Servidor – 971 vagas
  • Bloco 5- Educação, Saúde, Desenvolvimento Social e Direitos Humanos – 1.016 vagas
  • Bloco 6 – Setores Econômicos e Regulação – 359 vagas
  • Bloco 7 – Gestão Governamental e Administração Pública – 1.748 vagas
  • Bloco 8 – Nível Intermediário – 692 vagas

Para saber mais detalhes do Concurso Nacional Unificado, clique aqui.

Jamille Novaes
Baiana, formada em Letras Vernáculas pela UESB, pós-graduada em Gestão da Educação pela Uninassau. Apaixonada por produção textual, já trabalhou como corretora de redação, professora de língua portuguesa e literatura. Atualmente se dedica ao FDR e a sua segunda graduação.