FIM do DOC! Entenda a nova forma de transferência bancária

Desde a última segunda-feira (15) os bancos não realizam mais transferências via DOC (Documento de Ordem de Crédito). A operação que já foi muito utilizada caiu em desuso, e para as instituições bancárias não era mais interessante oferece-la. Agora, restam outras opções para envio de dinheiro entre bancos.

FIM do DOC! Entenda a nova forma de transferência bancária
FIM do DOC! Entenda a nova forma de transferência bancária (Imagem: FDR)

A chegada do PIX, em 2020, mexeu com a relação ente os clientes e os serviços bancários. Com a instantaneidade, gratuidade e outros benefícios, o PIX passou a ser a preferência de muitos. Por isso, o DOC perdeu a sua importância e muitas pessoas já não o utilizam mais.

DOC não está mais disponível no App do banco?

As pessoas que estavam habituadas a fazer pagamentos via DOC não encontrarão mais essa opção no aplicativo do seu banco. Também deixou de ser oferecida a Transferência Especial de Crédito (TEC), usada principalmente por empresas no pagamento dos seus funcionários.

De acordo com as regras que foram adotadas pela Febraban (Federação Brasileira dos Bancos), e que atinge todas as instituições vinculadas a ela, estas operações não podem mais ser utilizadas em:

  • 15 de janeiro: foram encerradas às 22h as transferências feitas via DOC ou TEC, não sendo mais possível enviar ou agendar nenhum tipo de valor usando esses meios;
  • 29 de fevereiro: até o dia 15 de janeiro puderam ser agendados pagamentos até 29 de fevereiro. Neste caso, os valores ainda poderão cair nas contas por este método até a data citada.

Tipos de transferências bancárias disponíveis

O grande ponto que tornou o DOC motivo de desuso foi a demora para que o dinheiro caísse na conta. As transferências feitas até às 22h do dia útil caiam no dia útil seguinte, mas as operações após esse horário demoravam dois dias para serem creditadas. Também havia limite de R$ 4.999,99 por dia.

Continuam disponíveis as seguintes formas de fazer pagamentos entre contas:

  • PIX;
  • TED;
  • Transferência entre contas.

Lila Cunha
Autora é jornalista e atua na profissão desde 2013. Apaixonada pela área de comunicação e do universo audiovisual. Suas redes sociais são: @liilacunhaa, e-mail: [email protected]