Bolsa do Povo 2024 pagará valor mensal de até R$ 2.400; inscrições estão abertas

Pontos-chave
  • Há pelo menos 10 ações em torno do Bolsa do Povo;
  • O programa é uma iniciativa do governo de São Paulo;
  • Há duas formas de se inscrever.

As inscrições para o Bolsa do Povo 2024 se mantém abertas. Quem quiser usufruir de alguma das ações ofertas por meio deste sistema precisa reunir seus documentos e se inscrever. Cada tipo de programa dentro deste projeto atinge um grupo diferente, podendo liberar até R$ 2,4 mil por mês.

Bolsa do Povo 2024 pagará valor mensal de até R$ 2.400; inscrições estão abertas
Bolsa do Povo 2024 pagará valor mensal de até R$ 2.400; inscrições estão abertas (Imagem: FDR)

O Bolsa do Povo é um conjunto de programa que foi criado durante a pandemia de Covid-19, na gestão de João Doria como governador do estado de São Paulo. Naquela época foi assim que o poder público estadual ajudou a população de baixa renda a enfrentar a crise econômica, liberando benefícios.

Mais tarde o sistema foi incrementando novidades, até que hoje possuí pelo menos 10 tipos de programas diferentes. O intuito é o mesmo: atender pessoas de baixa renda, seja com transferência de renda mensal, ou por meio da oferta de emprego, capacitação e benfeitorias.

No governo de Tarcísio de Freitas (Republicanos) foi mantido o Bolsa do Povo, recebendo investimento capaz de selecionar novos contemplados a cada tempo. As inscrições vão depender do tipo de programa escolhido e da região em que o cidadão mora. Todas as cidades do estado recebem algum tipo de auxílio.

Quais os programas disponíveis no Bolsa do Povo?

Existem diferentes programas com inscrições abertas no Bolsa do Povo, cada um voltado a um grupo diferente. Os valores repassados por meio deles também são diferentes, e vão depender do tipo do auxílio. A bolsa aos atletas, por exemplo, tem valor maior que aquela liberada a quem trabalha em escolas e órgãos públicos.

  • Ação Jovem: Libera mensalmente R$ 100 para jovens de na faixa etária de 15 a 24 anos;
  • Auxílio Moradia: Liberado para financiar as despesas com moradia em caráter temporário;
  • Bolsa Talento Esportivo: oferece apoio financeiro a atletas em diversos níveis de idade, competição, treinamento e resultados;
  • Renda Cidadã: atende famílias que vivenciam processo de vulnerabilidade em decorrência do desemprego ou subemprego;
  • Via Rápida: oferece capacitação profissional gratuita para os cidadãos acima de 16 anos que buscam ingressar no mercado de trabalho ou abrir o próprio negócio;
  • Bolsa Trabalho: bolsa auxílio de R$ 540,00 por até cinco meses para quem está desempregado há mais de 1 ano, e passa a prestar serviços em órgãos públicos;
  • Prospera Família: liberado para responsáveis familiares de famílias monoparentais em situação de vulnerabilidade social, com renda familiar de até R$ 210 por pessoa;
  • Bolsa Empreendedor: curso de qualificação empreendedora, formalização (MEI) e bolsa-auxílio de R$ 1.000, dividida em duas parcelas de R$500;
  • Novotec Expresso: bolsa-auxílio de até R$ 600 dividida em até quatro parcelas para financiar cursos de capacitação para jovens;
  • VidAtiva: benefício para que pessoas com no mínimo 60 anos de idade pratiquem atividades físicas.

Como se inscrever no Bolsa do Povo em 2024?

Existem duas formas de se inscrever no Bolsa do Povo em 2024, uma ligada a outra. Isso porque, estar no Cadastro Único é uma maneira de se tornar visível para o governo e conseguir a liberação de alguns auxílios pagos por esse sistema. Outra opção é acessar o site para se inscrever em um programa específico.

Em alguns casos, porém, será preciso fazer os dois passos. Consultar as vagas abertas no site, mas se inscrever no Cadastro Único. Diante disso, a recomendação é de que os interessados estejam atentos as regras, e cumpram com as etapas corretamente.

Inscrição Cadastro Único

  • Compareça até o CRAS (Centro de Referência e Assistência Social) mais próximo;
  • Solicite a inscrição no Cadastro Único;
  • Informe dados pessoais da família e responda ao questionário socioeconômico;
  • Será gerado um NIS (Número de Identificação Social) para cada um.

A inscrição deve ser feita por um representante da família, pessoa com mais de 16 anos e preferencialmente uma mulher.

Inscrição no site

  • Acesse o site do Bolsa do Povo;
  • Clique em um dos programas que tem interesse;
  • Verifique se as inscrições estão abertas;
  • Se as inscrições estiverem disponíveis faça seu login no Gov.br;
  • Preencha o formulário com dados pessoais;
  • Aguarde sua aprovação.

Lila Cunha
Autora é jornalista e atua na profissão desde 2013. Apaixonada pela área de comunicação e do universo audiovisual. Suas redes sociais são: @liilacunhaa, e-mail: [email protected]