Benefícios pagos pelo governo em 2024 estão sob ameaça para choque da população

Os benefícios que são pagos pelo governo federal estão sob ameaça para 2024. A notícia pegou milhões de brasileiros de surpresa, tendo em vista que a grande maioria deles precisa do valor para ter uma renda. Portanto, veja abaixo mais informações sobre os cortes que acontecerão no ano que vem.

Dinheiro esquecido: siga esses passos para consultar se tem saque disponível em seu CPF
Benefícios pagos pelo governo em 2024 estão sob ameaça para choque da população. (Imagem: FDR)

O governo federal confirmou que cortes serão realizados em alguns dos benefícios cedidos à população brasileira. Entre os programas que serão afetados, podemos mencionar o Programa Farmácia Popular, Fundo de Financiamento ao Estudante do Ensino Superior (FIES) e Auxílio Gás.

Estes projetos, amplamente conhecidos pela população brasileira, sofrerão cortes bastante elevados. Então, é essencial ficar atento para as novidades que serão lançadas a partir de 2024.

Entre os valores, serão R$ 41 milhões retirados do FIES; R$ 336,9 milhões serão descontados do Programa Farmácia Popular e R$ 44,3 milhões serão, também retirados do Auxílio Gás. Confira mais novidades sobre estes cortes e o motivo que levou o governo à realizar estas movimentações.

Qual foi o motivo que levou à redução dos benefícios?

O corte em benefícios foi realizado após a aprovação do orçamento em congresso nacional. Com isto, o valor dos programas sociais citados no texto serão reduzidos, enquanto os parlamentares terão um valor recorde para serem usados. Ao todo, serão R$ 53 bilhões para esta demanda citada.

Além disto, também houve mudança no valor do salário mínimo que seria repassado para a população em 2024. Anteriormente, o piso estava sendo planejado em R$ 1.421. Porém, o valor será reduzido e a população não terá um aumento de R$ 101. Veja qual será o novo valor abaixo.

Confira a previsão para o valor do salário mínimo em 2024

É esperado que o piso salarial do país fique entre uma margem de R$ 1.412 e R$ 1.413. Ou seja, um pouco abaixo do que era esperado pela população brasileira. Para mais informações sobre o salário mínimo, clique aqui e saiba mais.

Flávio Costa
Estudante de jornalismo, já atuou na área de assessoria política ao compor o time de comunicação da atual governadora do estado, durante sua campanha eleitoral. Anteriormente, cursou 2 anos no curso de relações internacionais, podendo ampliar sua visão no aspecto macro e micro do cenário nacional e internacional. Fluente em inglês, já atuou como professor de idiomas e também de matemática. Por fim, trabalhou ainda como analista de operações pelo grupo Amazon. Atualmente, dedica-se a universidade e ao portal FDR. Suas redes sociais são @flavioarcosta e [email protected].