Preço do gás de cozinha oscila e aplicativo alerta como economizar na sua compra

Segundo análise feita pelo Observatório Social do Petróleo (OSP) em 456 municípios brasileiros, houve variação no preço do gás de cozinha de R$ 114 a R$ 152. A pesquisa foi realizada entre os dias 12 e 18 de novembro. Um tipo de aplicativo ajuda a comparar esses valores e auxilia na economia.

Preço do gás de cozinha oscila e aplicativo alerta como economizar na sua compra
Preço do gás de cozinha oscila e aplicativo alerta como economizar na sua compra (Imagem: FDR)

O preço do gás de cozinha é composto não só pelo GLP, mas também por outros fatores, como os custos para distribuição, o lucro, e os impostos. Apenas metade da quantia que chega até os consumidores tem relação direta com o valor que foi repassado da Petrobras para as distribuidoras.

Oscilação do preço do gás de cozinha em SP

O aplicativo Preço do Gás trouxe um levantamento importante sobre como oscila o preço do gás de cozinha na cidade de São Paulo. Analisando os valores disponíveis em oito distribuidoras locais, foi encontrada a variação de preço de 48,08% entre as regiões da cidade.

Ou seja, no mesmo município é possível encontrar o gás até 48,08% mais caro a depender do local em que o consumidor resolve comprar. Os valores, separados por bairro, apurados pelos sistemas do aplicativo mostram a seguinte variação:

  • Campos Elíseos, R$ 87,79 da marca Supergasbras;
  • Bom Retiro, R$87,98 da marca Supergasbras;
  • Parque Santo Antônio, R$ 88,00 marca Copagaz;
  • Bela Vista, R$ 88,00 marca Liquigás;
  • Parque Guarani, R$ 99,00 marca Ultragaz;
  • Vila Prudente, R$ R$ 88,90 marca Nacional Gás;
  • Jardim Tango, R$ 125,00 marca Consigaz;
  • Cambuci, R$ 130,00 marca Ultragaz.

Como economizar na compra do botijão de gás?

O segredo para economizar é: pesquise o preço do botijão de gás antes de fechar a compra. Na mesma cidade, e até no mesmo bairro, os valores são diferentes. Tudo depende do quanto aquele fornecedor precisou desembolsar para que o botijão chegasse até sua loja, a sua margem de lucro, e outros pontos.

Como cada empresa possuí uma organização, vale a pena pesquisar. Algumas dicas para conseguir pagar menos incluem:

  • Use aplicativo de comparação de preços, como o Preço do Gás;
  • Acompanhe as redes sociais da distribuidora mais perto de você, onde os valores serão postados;
  • Economize no uso do gás, assando mais de um alimento na mesma hora, ou colocando panelas grandes em bocas grandes do fogão. Assim, o gás vai durar mais.

Lila Cunha
Autora é jornalista e atua na profissão desde 2013. Apaixonada pela área de comunicação e do universo audiovisual. Suas redes sociais são: @liilacunhaa, e-mail: [email protected]