INSS divulga nova idade mínima para receber a pensão por morte

O INSS divulga uma nova idade mínima para receber a pensão por morte. Desta forma, esta notícia é fundamental para os brasileiros que buscam ser contemplados pela Previdência Social. Veja abaixo os detalhes sobre a mudança realizada e posta em prática pelo órgão federal.

INSS divulga nova idade mínima para receber a pensão por morte (Imagem: FDR)

Agora, a pensão por morte do INSS está passando por mudanças em sua faixa etária. Com isto, é essencial que os brasileiros sejam informados sobre a alteração, tendo em vista o número de auxiliados no país. Veja abaixo a lista de idades e período de pagamentos que serão aplicados pelo órgão federal:

  • Relacionamentos: No caso de relacionamentos, são abordados os pontos sobre união estável e casamento. Em ambos os casos, se o período de relação for inferior à dois anos, o benefício será concedido por apenas quatro meses;
  • Contribuição: Se o cidadão tiver feito ao menos 18 contribuições ao INSS, os seus dependentes também serão contemplados por apenas quatro meses;
  • Idade do parceiro(cônjuge) do segurado no momento da morte: Veja abaixo por quanto tempo o pagamento será feito de acordo com a idade do cônjuge no momento em que o titular da conta acaba falecendo:

 

  • Menos de 22 anos: 3 anos
  • Entre 22 e 27 anos: 6 anos
  • Entre 28 e 30 anos: 10 anos
  • Entre 31 e 41 anos: 15 anos
  • Entre 42 e 44 anos: 20 anos
  • A partir de 45 anos: Vitalício

O que causou esta mudança no INSS?

Estas mudanças são válidas após a realização da Reforma da Previdência, ainda sob comando do ex-presidente Michel Temer (MDB). Uma das principais mudanças que interessaram ao povo foi o encerramento do serviço vitalício para a maior classe de cidadãos. Agora, apenas a partir dos 45 anos do cônjuge.

Para solicitar o seu benefício, é preciso escolher uma das opções disponíveis. Entre elas, é possível realizar a visita presencial em uma agência da Previdência Social, através do número 135 ou pelo aplicativo “Meu INSS”.

Flávio Costa
Estudante de jornalismo, já atuou na área de assessoria política ao compor o time de comunicação da atual governadora do estado, durante sua campanha eleitoral. Anteriormente, cursou 2 anos no curso de relações internacionais, podendo ampliar sua visão no aspecto macro e micro do cenário nacional e internacional. Fluente em inglês, já atuou como professor de idiomas e também de matemática. Por fim, trabalhou ainda como analista de operações pelo grupo Amazon. Atualmente, dedica-se a universidade e ao portal FDR. Suas redes sociais são @flavioarcosta e [email protected].