INSS inicia prova de vida dos Aposentados e Pensionistas

A prova de vida do INSS passou por mudanças nesse ano. O procedimento não é feito mais presencialmente nas agências bancárias; por isso aposentados e pensionistas devem ficar atentos. Veja como garantir a continuidade do seu benefício!

INSS inicia prova de vida dos Aposentados e Pensionistas
INSS inicia prova de vida dos Aposentados e Pensionistas (Imagem: FDR)

Todos os anos os aposentados e pensionistas devem fazer a prova de vida do INSS. É esse procedimento que garante a continuidade do benefício. Até o início desse ano era necessário comparecer presencialmente em uma agência bancária para fazer a comprovação.

Mudanças na prova de vida do INSS

Desde janeiro desse ano os beneficiários não precisam comparecer presencialmente nas agências bancárias. Isso porque a prova de vida passou a ser feita com o cruzamento de informações. Nesse caso, o sistema utiliza os seguintes dados para comprovar que o segurado está vivo:

  • Acesso ao aplicativo Meu INSS ou apps que tenham certificação e controle de acesso
  • Recebimento pagamento de benefício com biometria
  • Solicitação de empréstimo consignado com biometria
  • Ter atendimento presencial em uma agência do INSS
  • Passar por perícia médica presencial ou remota
  • Ser vacinado ou atendido na rede pública ou privada de saúde
  • Fazer cadastro ou recadastro em órgãos de trânsito ou segurança
  • Fazer atualizações no Cadastro Único (CadÚnico)
  • Emitir ou renovar documentos, como carteira de identidade, passaporte e carteira de trabalho, entre outros
  • Declarar Imposto de Renda

Os segurados que desejarem ainda podem fazer a prova de vida presencialmente nas agências bancárias e unidades do INSS.

 

Em algumas situações o segurado pode ser convocado para a prova de vida presencial, nesse caso, ele receberá mensagem via:

Outra forma de fazer a prova de vida é usando a biometria facial, recurso disponível através do aplicativo.

Para servidores públicos federais inativos e pensionistas da União o procedimento só pode ser feito pelos aplicativos Sougov.br e Gov.br ou na agência bancária onde o pagamento é realizado. E deve ser feito no mês de aniversário do segurado.

Jamille Novaes
Baiana, formada em Letras Vernáculas pela UESB, pós-graduada em Gestão da Educação pela Uninassau. Apaixonada por produção textual, já trabalhou como corretora de redação, professora de língua portuguesa e literatura. Atualmente se dedica ao FDR e a sua segunda graduação.