Boleto DAS do MEI atrasado: saiba como pagar se perder o prazo

Ao se regularizar como microempreendedor individual, o MEI precisa cumprir uma série de obrigações. Entre elas, o pagamento mensal do boleto DAS. Todos os meses, o boleto vence no dia 20. Saiba o que fazer caso tenha perdido o prazo.

Boleto DAS do MEI atrasado: saiba como pagar se perder o prazo
Boleto DAS do MEI atrasado: saiba como pagar se perder o prazo. (Imagem: FDR)

O pagamento em dia é essencial para garantir os diversos benefícios do MEI. Entre eles, a adesão ao Simples Nacional, que garante ao pequeno negócio uma série de facilidades nos tramites burocráticos.

Além disso, ao quitar o pagamento mensal em dia, o MEI também garante o acesso aos benefícios do INSS como a aposentadoria, salário maternidade, auxílio doença e afastamento.

O valor mensal da contribuição corresponde a 5% do salário mínimo. Além disso, outras taxas são acrescidas dependendo da atividade que é exercida pelo microempreendedor.

Confira as taxas do MEI em 2023:

  • Empresas de comércio e indústria (INSS + ICMS): R$67,00;
  • Empresas de serviços (INSS + ISS): R$71,00;
  • Empresas de comércio e serviços (INSS + ISS + ICMS): R$72,00;
  • MEI caminhoneiro (12% INSS + ISS + ICMS): R$164,40.

Para garantir os benefícios, o MEI que atrasou o pagamento do DAS pode realizar a quitação atrasada. Para tal, ele deverá acessar o portal do empreendedor, que está disponível neste link, e regularizar sua situação.

Veja o passo a passo de como pagar o boleto MEI

  • Acesse o Portal do Empreendedor;
  • Em seguida, clique na opção “Já sou MEI”;
  • Na página seguinte, selecione a caixa que diz “Pagamento de Contribuição Mensal”;
  • Escolha a opção “Boleto”;
  • Digite o número do CNPJ da sua empresa;
  • Na próxima etapa, clique em “Emitir Guia de Pagamento”;
  • Selecione o período que deseja realizar a quitação em atraso;
  • Informe em qual data pretende realizar o pagamento;
  • Clique em Gerar DAS.

Após essas etapas, realize o pagamento do boleto gerado para voltar a ter a situação regularizada.

Saiba mais informações sobre o MEI neste link.

Danielle Santana
Jornalista formada pela Universidade Católica de Pernambuco, já atuou como repórter no Jornal do Commercio, Diario de Pernambuco e Folha de Pernambuco. Nos locais, acumulou experiência nas editorias de economia, cotidiano e redes sociais. Possuí experiência ainda como assessora de imprensa.