Pagamento de R$ 1.320 é antecipado pelo Governo; saiba quem tem direito

Moradores algumas cidades terão pagamento de R$ 1.320 adiantado pelo Governo Federal. Valor do deve ser depositado nas contas bancárias em poucos dias. Veja quais as cidades atendidas e se você poderá receber.

Pagamento de R$ 1.320 é antecipado pelo Governo; saiba quem tem direito
Pagamento de R$ 1.320 é antecipado pelo Governo; saiba quem tem direito (Imagem: FDR)

O Governo Federal liberou o pagamento de R$ 1.320 para centenas de brasileiros de 55 cidades. A antecipação faz parte das ações do Ministério do Desenvolvimento e Assistência Social, Família e Combate à Fome (MDS).

Quem pode sacar o pagamento de R$ 1.320 antecipado?

Os R$ 1.320 liberados pelo Governo Federal são referentes a uma parcela do Benefício de Prestação Continuada (PBC), que é voltado ao seguinte grupo:

  • Quem tem no mínimo de 65 anos ou deficiência comprovada (o critério de idade não se aplica);
  • Possui cadastro atualizado no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico);
  • Renda familiar de até 1/4 do salário mínimo por pessoa, ou seja, R$ 330,00;
  • Não recebe outro benefício do INSS, como: aposentadoria e pensão.

O pagamento foi antecipado apenas para os moradores de 55 cidades do Amazonas que estão em estado de calamidade pública.

Os beneficiarios do BPC também podem pedir a antecipação de outra parcela, que que podem ser reembolsadas em até 36 meses, sem juros ou encargos.

O pagamento do Bolsa Família também vai ser feito antes nessas cidades, com depósitos previstos para o próximo dia 18 de outubro.

Cidades do Amazonas em calamidade pública

  • Alvarães;
  • Amaturá;
  • Anamã;
  • Anori;
  • Atalaia do Norte;
  • Barreirinha;
  • Benjamin Constant;
  • Beruri;
  • Boa Vista do Ramos;
  • Boca do Acre;
  • Borba;
  • Caapiranga;
  • Carauari;
  • Careiro da Várzea;
  • Careiro;
  • Coari;
  • Codajás;
  • Eirunepé;
  • Envira;
  • Fonte Boa;
  • Guajará;
  • Humaitá;
  • Ipixuna;
  • Iranduba;
  • Itacoatiara;
  • Itamarati;
  • Itapiranga;
  • Japurá;
  • Juruá;
  • Jutaí;
  • Manacapuru;
  • Manaquiri;
  • Manaus;
  • Manicoré;
  • Maraã;
  • Maués;
  • Nhamundá;
  • Nova Olinda do Norte;
  • Novo Airão;
  • Novo Aripuanã;
  • Parintins;
  • Pauini;
  • Rio Preto da Eva;
  • Santo Antônio do Içá;
  • São Paulo de Olivença;
  • São Sebastião do Uatumã;
  • Silves;
  • Tabatinga;
  • Tapauá;
  • Tefé;
  • Tonantins;
  • Uarini;
  • Urucará;

Além disso, também foi criado um Auxílio Emergencial que deve atender a centenas de famílias moradoras dessas cidades.

Jamille Novaes
Baiana, formada em Letras Vernáculas pela UESB, pós-graduada em Gestão da Educação pela Uninassau. Apaixonada por produção textual, já trabalhou como corretora de redação, professora de língua portuguesa e literatura. Atualmente se dedica ao FDR e a sua segunda graduação.