Titular do Bolsa Família sem documentação tem nova forma de saque autorizada pela Caixa

O titular do Bolsa Família é a pessoa que representa todo o grupo familiar na inscrição do Cadastro Único, e no recebimento do auxílio. Essa pessoa tem seu nome impresso no cartão de saque, e uma conta aberta em seu CPF para saque. Por isso, perder seu documento pode atrapalhar o recebimento do benefício.

Titular do Bolsa Família sem documentação tem nova forma de saque autorizada pela Caixa
Titular do Bolsa Família sem documentação tem nova forma de saque autorizada pela Caixa (Imagem: FDR)

O governo exige que o titular do Bolsa Família seja uma pessoa maior de 16 anos, e recomenda que a inscrição aconteça por uma mulher. Essa pessoa vai representar todo o restante do grupo familiar no recebimento no auxílio, e mais do que isso, será o responsável pela continuidade do benefício em seu nome. 

Para sacar o Bolsa Família basta comparecer até uma agência da Caixa Econômica, ou em uma casa lotérica levando consigo dois documentos indispensáveis:

O titular do Bolsa Família que ainda não recebeu o cartão, perdeu ou foi roubado, ainda tem a opção de usar o documento com foto. Mas, e quando tanto um quanto outro são perdidos?. Neste caso, a Caixa Econômica abre uma exceção, mas com regras específicas.

Saque do titular do Bolsa Família sem documento

Para que o titular do Bolsa Família consiga fazer o saque sem documento, ele precisa usar os recursos disponíveis no App do Caixa Tem. Isso porque, o auxílio é transferido todos os meses para a conta aberta em nome do cidadão no aplicativo. Permitindo que a quantia seja movimentada de forma online. 

Dessa forma o usuário pode fazer PIX, transferências, recarga de celular, pagamento de boletos, e usar o cartão virtual. Existe também no App a opção de saque sem cartão que libera a quantia no caixa eletrônico, funciona assim:

Há, porém, uma exceção aberta para municípios que decretaram situação de calamidade pública. Como em 97 cidades do estado do Rio Grande do Sul que devido as fortes chuvas tiveram seu benefício antecipado para o dia 18 de setembro, independendo do final do NIS.

Neste caso, se o titular do Bolsa Família perdeu o documento na enchente ele pode pedir Declaração Especial de Pagamento emitida pela prefeitura, e apresentar no banco.

Lila Cunha
Autora é jornalista e atua na profissão desde 2013. Apaixonada pela área de comunicação e do universo audiovisual. Suas redes sociais são: @liilacunhaa, e-mail: lilacunha.fdr@gmail.com
Sair da versão mobile