PIX sem internet! Banco Central divulga outros meios de uso do pagamento instantâneo

O Banco Central (BC) anunciou hoje uma novidade empolgante! Em breve, os brasileiros terão a possibilidade de realizar transações via PIX sem conexão à internet. Isso deve tornar mais fácil pagar por serviços como pedágios e transporte público. Ainda não há uma data definida para esse recurso.

PIX sem internet! Banco Central divulga outros meios de uso do pagamento instantâneo
PIX sem internet! Banco Central divulga outros meios de uso do pagamento instantâneo. (Imagem: FDR)

Além disso, o PIX também está se expandindo internacionalmente, permitindo transações em âmbito global. Outra novidade inclui a opção de parcelar pagamentos por meio do sistema de pagamentos instantâneos

Essas atualizações prometem tornar o PIX ainda mais versátil e conveniente para os usuários. E não para por aí. A partir do segundo trimestre do próximo ano, o pagamento instantâneo estará disponível para débitos automáticos, facilitando o pagamento de contas regulares, como energia elétrica, taxa de condomínio e plano de saúde. 

Essa atualização foi compartilhada no Relatório de Gestão do PIX, lançado nesta segunda-feira. Essa expansão de uso da ferramenta para débitos recorrentes promete tornar ainda mais conveniente a vida financeira dos brasileiros, proporcionando maior agilidade e facilidade no pagamento de despesas comuns.

“O Pix Automático será desenvolvido de forma bastante flexível, para atender a multiplicidade de negócios em suas diferentes necessidades (…), estimulando a competição”, diz o relatório.

https://www.youtube.com/watch?v=0RF4v1gJYF0

O que é o PIX?

O PIX é o sistema de pagamentos instantâneos que opera em tempo real, com a promessa de que as transferências sejam concluídas em até 10 segundos. O sistema está disponível 24 horas por dia, sete dias por semana, até mesmo em finais de semana e feriados

Na prática, para realizar transações financeiras através deste sistema, é preciso cadastrar o que o BC chama de “chave PIX”. A entidade pré-determinou o uso de alguns dados como chave pix, como;

  • E-mail;
  • Celular;
  • CPF;
  • Chave aleatória.

É importante explicar que, no caso específico da chave aleatória, ela pode ter prazos de validade distintos. Por exemplo, ela pode ser gerada uma única vez ou cada transação nova a ser realizada, o modelo irá depender das normas de cada instituição financeira.

Lembrando que também existem pagamentos via PIX mediante a leitura do QR CodeUma das explicações para a alta adesão ao PIX consiste na facilidade de cobrança e pagamento por produtos vendidos ou serviços prestados.

A agilidade nas transações financeiras, isenções de taxas e conveniência para pagamento via QR Code ou chave PIX também são vistas como vantagens nítidas deste sistema.

Laura Alvarenga
Laura Alvarenga é graduada em Jornalismo pelo Centro Universitário do Triângulo em Uberlândia - MG. Iniciou a carreira na área de assessoria de comunicação, passou alguns anos trabalhando em pequenos jornais impressos locais e agora se empenha na carreira do jornalismo online através do portal FDR, onde pesquisa e produz conteúdo sobre economia, direitos sociais e finanças.