PIS/PASEP 2022 deixa brasileiros sem dormir! Entenda o que está acontecendo

O PIS/PASEP é um dos benefícios mais conhecidos pelos trabalhadores formais do nosso país. Porém, existe uma notícia sobre o abono salarial que vem fazendo com que os brasileiros fiquem sem dormir. Então, confira abaixo o que será feito em relação ao abono salarial mais conhecido do país.

Programa Desenrola Brasil é alvo de golpes entre criminosos. Saiba como fazer uma renegociação segura!
PIS/PASEP 2022 deixa brasileiros sem dormir! Entenda o que está acontecendo (Imagem: FDR)

O PIS/PASEP é um benefício cedido exclusivamente aos trabalhadores que exercem a sua profissão de maneira formal, com a carteira de trabalho assinada e seguindo as normas do regime CLT. Portanto, somente um grupo específico da população consegue ter acesso ao valor, que é pago da forma anual.

Para receber o benefício, o cidadão precisa estar exercendo a sua profissão formalmente há pelo menos cinco anos, receber até dois salários mínimos (R$2.640), ter trabalhado ao menos 30 dias no ano base e deve estar devidamente registrado no programa cedido pelo governo federal.

O valor pago é de um salário mínimo, que hoje está em R$1.320. Então, é mais um dos diversos benefícios cedidos aos trabalhadores formais. Poderíamos citar o seguro desemprego, o Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS), o salário maternidade, o auxílio acidente e até mesmo o auxílio doença.

Porém, uma notícia sobre o programa PIS/PASEP vem preocupando os cidadãos. A situação é relacionada com o valor que será pago aos cidadãos a partir do ano que vem, em 2024. Portanto, caso esteja interessado em saber sobre a mudança que vem sendo estudada, confira o texto abaixo e tire suas dúvidas.

PIS/PASEP vai receber um aumento?

O Programa de Integração Social (PIS) é pago pela Caixa Econômica Federal aos trabalhadores que exercem a sua profissão no âmbito privado, como é o caso de empresas. Já o Programa de Formação do Patrimônio do Servidor Público (PASEP) é pago pelo Banco de Brasil aos funcionários públicos do país.

Porém, como a política do governo federal vem sendo de buscar o aumento do salário mínimo de forma anual, é possível que o PIS/PASEP também seja ampliado. Isto porque o benefício é pago com base no piso salarial nacional. Ou seja, com um aumento no salário, é possível que o PIS/PASEP seja reajustado.

Flávio CostaFlávio Costa
Estudante de jornalismo, já atuou na área de assessoria política ao compor o time de comunicação da atual governadora do estado, durante sua campanha eleitoral. Anteriormente, cursou 2 anos no curso de relações internacionais, podendo ampliar sua visão no aspecto macro e micro do cenário nacional e internacional. Fluente em inglês, já atuou como professor de idiomas e também de matemática. Por fim, trabalhou ainda como analista de operações pelo grupo Amazon. Atualmente, dedica-se a universidade e ao portal FDR. Suas redes sociais são @flavioarcosta e flavioarcosta@gmail.com.
Sair da versão mobile