Brasileiro ENDIVIDADO celebra novo pronunciamento de Lula

O brasileiro endividado inicia a semana com uma boa notícia após pronunciamento do presidente Luiz Inácio Lula da Silva. O Governo Federal informou que o programa Desenrola finalmente será lançado. A proposta foi desenvolvida pela equipe econômica com o propósito de conceder o perdão de algumas dívidas. 

Brasileiro ENDIVIDADO celebra novo pronunciamento de Lula
Brasileiro ENDIVIDADO celebra novo pronunciamento de Lula. (Imagem: FDR)

Com o programa Desenrola na ativa, o brasileiro endividado terá a chance de obter o perdão em dívidas de até R$ 100. Contudo, o benefício dependerá do interesse dos credores em aderirem à iniciativa. Segundo o ministro da Casa Civil, Rui Costa, a participação será opcional. 

Embora os credores não sejam obrigados a participar do programa Desenrola, quem aderir à iniciativa, deve estar ciente de que, concederá automaticamente o perdão de dívidas de até R$ 100. O brasileiro endividado ainda terá a chance de receber descontos em outros débitos oriundos do fundo garantidor. 

Conforme apurado, somente os bancos e demais instituições financeiras serão obrigados a aderir ao programa e retirar as restrições do brasileiro endividado com débitos no valor máximo de R$ 100.

Em contrapartida, varejistas e concessionárias de serviços essenciais como água e luz, que reúnem a maior parte das dívidas, não serão obrigados a adotarem o perdão.

Brasileiro endividado deve baixar aplicativo 

Segundo informações do Governo Federal, estima-se o lançamento de um aplicativo do programa Desenrola entre os meses de agosto e setembro. O projeto de criação da plataforma deve ser enviado ao Congresso Nacional nos próximos dias. Logo, entende-se que as negociações acontecerão por este canal. 

Na oportunidade, o Governo Lula pontuou que, na circunstância de dívidas no valor máximo de R$ 5 mil, o programa irá negociar os débitos de brasileiros endividados que recebem até dois salários mínimos [R$ 2.640]

O programa Desenrola também prevê a realização de leilões dos débitos, onde o credor que oferecer o maior desconto, será autorizado a acessar um fundo de R$ 20 bilhões do Tesouro Nacional para garantir o pagamento das dívidas com desconto. A expectativa é para que as primeiras edições aconteçam entre os meses de julho e agosto

Brasileiro endividado com débito maior que R$ 5 mil participa?

O brasileiro endividado com débitos superiores a R$ 5 mil também poderá participar do programa Desenrola. A diferença é que, neste caso, os credores não terão acesso ao fundo para assegurar os pagamentos. Já os bancos, receberão incentivos no formato de créditos tributários para renegociar os valores. 

A estimativa geral é para que, mais de 40 milhões de brasileiros endividados estejam elegíveis para aderir aos benefícios ofertados pelo programa Desenrola. Em virtude do alto número de participantes, o cadastro será liberado em etapas.

Entre na comunidade do FDR e receba informações gratuitas no seu Whatsapp!

Laura Alvarenga
Laura Alvarenga é graduada em Jornalismo pelo Centro Universitário do Triângulo em Uberlândia - MG. Iniciou a carreira na área de assessoria de comunicação, passou alguns anos trabalhando em pequenos jornais impressos locais e agora se empenha na carreira do jornalismo online através do portal FDR, onde pesquisa e produz conteúdo sobre economia, direitos sociais e finanças.