Casos de peste suína na China fazem estas ações brasileiras dispararem

A gripe suína é uma doença grave que é causada pelo vírus H1N1. Esta doença havia se espalhado pelo Brasil em 2009, mas graças a vacina, foi possível conter a epidemia. Agora, o vírus ataca a população chinesa, fazendo com que haja repercussões globais. Acompanhe o caso abaixo.

Nesta quarta-feira, 15/03, a Reuters informou que foram relatados casos de gripe suína, mais especificamente a cepa africana da doença, em território chinês. Os casos podem ter sido expostos após as festas do ano novo chinês, que teve início em 03/02, no começo do mês passado.

Está situação é grave para o mercado de frigoríficos chineses, que terão uma pausa na aquisição de carnes suínas e aves em prol da compra de carnes bovinas. A reportagem ainda conta que até 10% da carga em estoque de carnes suínas poderão ser descartadas.

A China havia passado por um surto da doença recentemente, em 2019, onde ocorreu uma baixa considerável na produção e aquisição de carne suína. Desde então, a China fortaleceu a fiscalização sanitária neste nicho visando evitar uma nova crise sanitária no país, que causou mortes.

Brasil beneficiado pela gripe suína?

Com a queda do mercado de frigoríficos chineses, as empresas deste nicho situadas aqui no Brasil tiveram alta em suas ações na manhã desta quinta-feira, 16. A crise na China pode fazer com que a demanda por carne aumente, fazendo com que as ações brasileiras cresçam no mercado.

Podemos citar as empresas Minerva, que marcaram alta de mais de 5%, sendo negociada a R$11,67; a JBS estava sendo negociada a R$20,72, com alta de um pouco mais de 7,5%; outra empresa que teve alta notada pelo mercado foi a Marfrig, onde ações estavam sendo negociadas a R$7,54 com alta de 9,75%.

Temos que nos preocupar com a infecção?

Inicialmente, não há motivos para grandes alarmes para a população brasileira. O governo brasileiro disponibiliza, pelo Sistema Único de Saúde (SUS), de forma gratuita, a vacinação contra a Influenza A, também conhecida como gripe suína. O pico da doença foi registado no Brasil em 2013, há 10 anos.

A identificação da doença pode ser através do sintomas, bastante similares ao de uma gripe comum, como dores no corpo, febre, coriza, garganta inflamada, fadiga e perda de apetite podem ser citados como alguns dos sintomas causados pela Influenza A.

Flávio Costa
Estudante de jornalismo, já atuou na área de assessoria política ao compor o time de comunicação da atual governadora do estado, durante sua campanha eleitoral. Anteriormente, cursou 2 anos no curso de relações internacionais, podendo ampliar sua visão no aspecto macro e micro do cenário nacional e internacional. Fluente em inglês, já atuou como professor de idiomas e também de matemática. Por fim, trabalhou ainda como analista de operações pelo grupo Amazon. Atualmente, dedica-se a universidade e ao portal FDR. Suas redes sociais são @flavioarcosta e [email protected].