Restituição do Imposto de Renda é paga para NOVO grupo de contribuintes

Nesta terça-feira (31) a Receita Federal faz o depósito de mais um lote de restituição do imposto de Renda 2022. Nesse caso, estão recebendo retroativamente 136.565 de pessoas que enviaram a declaração com erros, e corrigiriam o documento mais tarde. Embora tivessem direito a restituição, essas pessoas não foram inclusas no lote regular enquanto não fizessem a correção.

Restituição do Imposto de Renda é paga para NOVO grupo de contribuintes
Restituição do Imposto de Renda é paga para NOVO grupo de contribuintes (Imagem: Montagem/FDR)

A consulta a esse lote de restituição do Imposto de Renda foi disponibilizada em 24 de janeiro, uma semana antes do pagamento, como de costume. Serão liberados R$ 368.017.854,27 para beneficiar mais de 136,5 mil pessoas. O valor será depositado na conta corrente que foi informada ao enviar a declaração do imposto.

A restituição retroativa é comum e incluí casos mais específicos de contribuintes e envio de declarações. Como:

  • declarações liberadas da malha fina porque o contribuinte acertou as contas com o Fisco;
  • declarações liberadas da malha débito, quando há compensação de ofício de débitos do contribuinte;
  • declarações que foram transmitidas fora do prazo original de entrega;
  • declarações retificadoras com aumento de valor de restituição.

No lote regular da restituição do Imposto de Renda foram feitos cinco pagamentos ao longo de 2022, de maio a setembro. Quanto mais deduções forem apresentadas, maior o saldo a ser restituído ao cidadão, mas todos esses gastos precisam ser comprovados de forma documental.

Como saber se foi incluso na restituição do Imposto de Renda

Do total de contemplados nesse pagamento da restituição do Imposto de Renda, 103.955 contribuintes não são prioritários. Enquanto os demais são pessoas com mais de 60 anos, com alguma deficiência física ou mental, moléstia grave e cuja maior fonte de renda é o magistério.

Um dos pontos fortes para saber se foi incluso no lote residual é entender se a sua declaração caiu na malha fina, ou foi entregue fora do prazo. Em caso afirmativo, e não tendo sido incluso em outros lotes, existem grandes chances de ter acesso a restituição nesse momento. Para consultar basta:

  • Acesse o site da Receita Federal e clique em “Imposto de Renda”;
  •  Agora, selecione “Consultar restituição” e em seguida “Iniciar”;
  • Informe: CPF, data de nascimento e ano de entrega do documento.

Entre na comunidade do FDR e receba informações gratuitas no seu Whatsapp!

Lila CunhaLila Cunha
Autora é jornalista e atua na profissão desde 2013. Apaixonada pela área de comunicação e do universo audiovisual. Suas redes sociais são: @liilacunhaa, e-mail: lilacunha.fdr@gmail.com