Quer se inscrever no Bolsa Família? Siga esses passos para agendar seu atendimento no CadÚnico

Famílias interessadas em se inscrever no Bolsa Família precisam primeiramente fazer sua inscrição no Cadastro Único. Acontece que para estar com os dados disponíveis nesse banco de dados é preciso comparecer presencialmente a uma unidade do CRAS (Centro de Referência de Assistência Social). Devido ao aumento da demanda nesses locais, as prefeituras têm optado pelo agendamento antes de liberar que as famílias sejam atendidas.

Quer se inscrever no Bolsa Família? Siga esses passos para agendar seu atendimento no CadÚnico
Quer se inscrever no Bolsa Família? Siga esses passos para agendar seu atendimento no CadÚnico (Imagem: FDR)

Não existe uma forma de se inscrever no Bolsa Família diretamente, na verdade, as famílias ficam disponíveis para entrada no programa com base nas informações repassadas ao CadÚnico. Depois, conforme há disponibilidade orçamentária, o poder público aprova que novos grupos sejam inclusos. Por isso é preciso fazer a inscrição no Cadastro, e manter os dados sempre atualizados.

Quem está no Auxílio Brasil, pelo menos 21,6 milhões de famílias, deverão se transferidas automaticamente para o Bolsa Família. No entanto, o próprio poder público por meio de Wellington Dias, ministro do Desenvolvimento Social, admitiram que haverá uma análise cadastral excluindo quem não cumpre mais com os requisitos. 

Dessa forma, a sobra no orçamento deve servir para que aqueles que desejarem se inscrever no Bolsa Família possam finalmente ser aprovados. Por isso, a recomendação é estar com os dados atualizados no CadÚnico para que consigam a vaga.

Como se inscrever no Bolsa Família em 2023

Vale lembrar que quem recebe o Auxílio Brasil e está com os dados no CadÚnico atualizado, não precisa fazer nenhum procedimento para garantir a entrada no Bolsa Família. Quem ainda não recebe o benefício, deve saber que o processo é exclusivamente presencial e acontece da seguinte forma:

  • Representante familiar (maior de 16 anos) comparece até uma unidade do CRAS;
  • É preciso levar um documento de identificação para cada um dos membros da família;
  • Será gerado um número de NIS (Número de Identificação Social) para cada um;
  • Conforme houver disponibilidade de orçamento novos grupos serão inclusos.

É importante dizer que depois inscrever no Bolsa Família somente serão selecionados os que possuem renda de no máximo R$ 210 por pessoa da família.

Como agendar atendimento no CRAS

Cada prefeitura organiza da sua forma o processo de agendamento no CRAS, local em que é feita a inscrição no Cadastro Único. Para descobrir as regras municipais a orientação é:

  • Ligue para a Secretaria de Assistência Social do município e verifique como funciona o agendamento;
  • Compareça mais cedo até o CRAS e tire as dúvidas.

O processo de atendimento costuma acontecer da seguinte forma:

  • Com distribuição de senhas e limitando o atendimento diário do CRAS;
  • Com agendamento online em App ou site da prefeitura.

Entre na comunidade do FDR e receba informações gratuitas no seu Whatsapp!

Lila CunhaLila Cunha
Autora é jornalista e atua na profissão desde 2013. Apaixonada pela área de comunicação e do universo audiovisual. Suas redes sociais são: @liilacunhaa, e-mail: lilacunha.fdr@gmail.com