CASA VERDE E AMARELA tem crescimento de 36% no trimestre. Veja como solicitar o seu financiamento

O sonho da casa própria está mais próximo para alguns brasileiros. Por meio do Programa Casa Verde e Amarela, é possível financiar a compra do imóvel pela Caixa Econômica Federal. Os novos critérios estão aumentando as buscas e concessões. 

CASA VERDE E AMARELA tem crescimento de 36% no trimestre. Veja como solicitar o seu financiamento
CASA VERDE E AMARELA tem crescimento de 36% no trimestre. Veja como solicitar o seu financiamento (Imagem: FDR)

O programa Casa Verde e Amarela é uma iniciativa de incentivo habitacional do governo de Jair Bolsonaro. Ele foi implementado no lugar do antigo Minha Casa Minha Vida, do governo de Lula. Ambos têm o objetivo de oferecer mais facilidades para a compra de moradias. 

O programa atual tem cerca de 99% das suas operações realizadas pela Caixa Econômica Federal. E o banco foi o responsável por liberar 19,3 bilhões em crédito no terceiro semestre desse ano. Através da iniciativa, são estabelecidas possibilidades na luta contra o déficit de moradia no país. 

O banco também informou um crescimento no número de concessões realizadas no último mês, 20% superior ao anterior. Já no acumulado de um ano, as concessões cresceram 36,4%. Ficou entendido que os novos números estão ligados a mudança nos critérios do programa. 

Essas regras são estabelecidas pelo Conselho Curador do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS). De acordo com as novas medidas julgadas, houve um aumento nas faixas de renda atendidas pelo Casa Verde e Amarela. E também nos prazos de pagamento.

Seguindo os novos critérios, foi aumentado o subsídio para famílias que tenham uma renda mensal entre R$ 4.400. Além disso, foi ampliada a renda familiar dos requerentes para o novo teto de R$8.000 mensais. O prazo de pagamento também sofreu alterações. Agora é possível finalizar os pagamentos em até 35 anos, anteriormente o limite era de 30 anos.

Conheça o programa Casa Verde e Amarela

O programa do atual governo busca facilitar o acesso à casa própria de uma parcela da população. Como medidas estão a produção de moradias subsidiadas e o financiamento habitacional, inclusive por meio do uso do FGTS. São ofertadas taxas de juros mais baixas de acordo com a renda mensal e a localização do imóvel. 

Voltado principalmente para as famílias de baixa renda, o Casa Verde e Amarela divide seu público em 6 grupos de diferentes rendas e situações. Porém, a prioridade é de grupos com situação de risco e vulnerabilidade, que sejam chefiados por uma mulher. Também são fatores de priorização a existência de crianças, idosos, pessoas com deficiência e adolescentes. 

As rendas possíveis para a participação no programa Casa Verde e Amarela variam entre R$2.400 e R$8.000 mensais, para os grupos considerados urbanos. Já para os três outros grupos, que entram na categoria rural, é analisada a renda anual, que pode variar de R$29 mil até R$ 96 mil.

Entre na comunidade do FDR e receba informações gratuitas no seu Whatsapp!

Thaisa JatobáThaisa Jatobá
Jornalista e pós-graduada em áudio visual pela Universidade Católica de Pernambuco, com passagem por jornais impressos como a Folha de Pernambuco e o Diario de Pernambuco.