AUXÍLIO CAMINHONEIRO: quantas parcelas? qual o valor? quem recebe?

Pontos-chave
  • A primeira parcela do auxílio caminhoneiro começa em agosto;
  • Estima-se que 900 mil motoristas serão beneficiados com o valor;
  • A ajuda é de R$ 1 mil paga em seis parcelas.

Inédito no país, o auxílio caminhoneiro começa a ser pago em todo Brasil a partir de agosto deste ano. Esta é a primeira vez que um benefício é criado especificamente para esse grupo. O objetivo é diminuir os impactos financeiros que a alta no valor do diesel tem causado. Algumas informações sobre o benefício já foram passadas pelo governo federal.

publicidade
AUXÍLIO CAMINHONEIRO: quantas parcelas? qual o valor? quem recebe?
AUXÍLIO CAMINHONEIRO: quantas parcelas? qual o valor? quem recebe? (Imagem: FDR)

A expectativa é que sejam beneficiadas pelo menos 900 mil motoristas de caminhão em todo Brasil. O pagamento será em seis parcelas, todas distribuídas até o mês de dezembro deste ano. Com apoio do governo de Jair Bolsonaro (PL), o pagamento de R$ 1 mil por cota do auxílio caminhoneiro foi limitado a 2022.

Pela legislação atual não é permitido que benefícios sociais sejam criados em ano de eleição. No entanto, a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) n° 1/2022 que liberou verba para investimento neste auxílio, também decretou estado de emergência no país. Dessa forma, abriu caminho para liberar o pagamento dentro da lei.

publicidade

Ao todo, a PEC permitiu que o governo federal gastasse R$ 41,2 bilhões em programas financeiros e de cunho social. O objetivo do atual governo é aumentar as chances de reeleição. Acredita-se que através destes benefícios o apoio ao presidente Jair Bolsonaro vai crescer.

Devido ao aumento no valor do diesel e a desatualização na tabela de fretes, a relação entre o presidente e os caminhoneiros se mostra estremecida. O grupo é um forte aliado de Bolsonaro e por muito tempo havia se mostrado favorável a reeleição dele.

No entanto, após anunciar o pagamento do auxílio caminhoneiro, representantes da classe se mostraram contrários ao valor pago. O presidente da Abrava (Associação Brasileira de Condutores de Veículos Automotores) Wallace Landim, conhecido como Chorão, chamou o pagamento de “esmola”.

E disse que esta é uma estratégia de “compra de voto” por parte do atual governo. A mensagem foi transmitida em uma nota enviada a imprensa, e critica o auxílio justificando que os gastos com combustível passam de R$ 5 mil por mês.

Quem vai receber o auxílio caminhoneiro

A expectativa é que sejam beneficiadas de 870 a 900 mil caminhoneiros com este auxílio. Foi o Ministério do Trabalho e Emprego o responsável por definir quem seriam os contemplados, já que não vai existir um portal exclusivo para inscrição no programa. 

Serão contemplados aqueles que:

publicidade
  • Transportadores autônomos de carga cadastrados na ANTT até o dia 31 de maio;
  • Inclusos os que fazem parte do MEI Caminhoneiro. 

A Dataprev (Empresa de Tecnologia e Informações da Previdência) ficará responsável por processar o cadastro destes motoristas.

Calendário de pagamentos

O valor a ser pago em nome do auxílio caminhoneiro é de R$ 1 mil, são seis parcelas a serem distribuídas até o fim do ano. Como estamos há cinco meses do encerramento de 2022, em agosto os beneficiados receberão o benefício em dose dupla.

publicidade

Isso significa que já no primeiro repasse o valor a ser recebido será de R$ 2 mil, nas parcelas seguintes o valor volta a ser de R$ 1 mil. O cronograma foi organizado assim:

Parcela Previsão de pagamento
1ª e 2ª parcelas 9 de agosto
3ª parcela 24 de setembro
4ª parcela 22 de outubro
5ª parcela 26 de novembro
6ª parcela 17 de dezembro

Por hora, não existe um portal específico para que o cidadão consulte se foi contemplado pelo benefício. Possivelmente isso acontecerá, mas é necessário aguardar informações do próprio governo.

publicidade

Onde será depositado o benefício

Todas as informações sobre o auxílio financeiro, principalmente sobre as formas de pagamento do benefício, ainda não foram disponibilizadas. A princípio, fontes ligadas ao governo afirmaram que o repasse do auxílio caminhoneiro será feito por meio do Caixa Tem.

Este é um aplicativo de poupança social digital, esta que deve ser aberta com base no CPF do motorista. O acesso é online, mas permite o uso para transferências, PIX, pagamento de boleto, cartão de débito virtual ou saque com código.

O gerenciamento da conta por meio do Caixa Tem é totalmente gratuito, ou seja, não há cobrança de tarifa pelo uso da conta. A poupança tem sido usada para repassar diversos benefícios sociais, como Auxílio Brasil, auxílio emergencial e vale gás.

publicidade

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Clique aqui e aperte o botão "Seguir" para você ser o primeiro a receber as últimas informações sobre este assunto no seu celular!

Lila Cunha
Lila Cunha é formada em jornalismo pela Universidade de Mogi das Cruzes (UMC). Atua como repórter especial para o portal FDR. É responsável por selecionar as informações abordadas e garantir o padrão de qualidade das notícias veiculadas. Além disso, trabalha com apuração de hard news desde 2019, cobrindo o universo econômico em escala nacional.