EMPRÉSTIMO CONSIGNADO pelo AUXÍLIO BRASIL pode ser VETADO; entenda o motivo

O empréstimo consignado do Auxílio Brasil pode ser dizimado antes mesmo de ser colocado em prática. A linha de crédito que já atraiu olhares esperançosos de beneficiários do programa e outros maldosos de golpistas, pode ser vetada.

publicidade
EMPRÉSTIMO CONSIGNADO pelo AUXÍLIO BRASIL pode ser VETADO; entenda o motivo
EMPRÉSTIMO CONSIGNADO pelo AUXÍLIO BRASIL pode ser VETADO; entenda o motivo. (Imagem: FDR)

O veto para o consignado do Auxílio Brasil faz parte de um pedido feito por entidades de defesa do consumidor, mediante o envio de uma manifestação técnica ao presidente da República, Jair Bolsonaro.

O requerimento se baseia na Medida Provisória (MP) que aumenta a margem de crédito para empregados celetistas e servidores públicos, além de liberar a contratação por beneficiários do Auxílio Brasil e do Benefício de Prestação Continuada (BPC).

publicidade

O Instituto Defesa Coletiva é o autor do pedido de veto ao empréstimo consignado pelo Auxílio Brasil. Em nota, o órgão afirmou que a MP caracteriza um desserviço aos consumidores brasileiros.

Segundo ele, a linha de crédito para a população de baixa renda pode elevar o superendividamento da população brasileira, agravando ainda mais a crise socioeconômica que assola o Brasil.

“Conceder desenfreados empréstimos consignados para um público que recebe um benefício para lhe retirar da zona de miserabilidade é permitir a barbárie comparada aos tempos feudais, o que, em nosso país, coloca os limites da dignidade da pessoa humana à prova a todo instante”, diz o pedido enviado ao presidente.

A entidade aponta a precariedade dos grupos atendidos pelo empréstimo consignado e reforça que o aumento na margem de crédito e liberação para o Auxílio Brasil e BPC, viola os princípios da dignidade humana. A justificativa é a de que o princípio se refere à garantia das necessidades vitais de cada cidadão.

Empréstimo consignado pelo Auxílio Brasil 

O empréstimo consignado pelo Auxílio Brasil já foi aprovado pelo Governo Federal. O texto regulamenta a concessão de um empréstimo consignado para beneficiários da transferência de renda, permitindo que esse público também tenha acesso ao crédito ampliado de 35% para 40%

A iniciativa é uma novidade e tanto, tendo em vista que até então, beneficiários de programas sociais e cidadãos que dependam de todo o tipo de transferência de renda não tinham acesso a este tipo de empréstimo

Clique aqui e aperte o botão "Seguir" para você ser o primeiro a receber as últimas informações sobre este assunto no seu celular!

publicidade

Hoje, cerca de 18,5 milhões de famílias em situação de vulnerabilidade social recebem o Auxílio Brasil e, é justamente este público que também passará a ter acesso à linha de empréstimo consignado. A previsão de investimento em crédito consignado para este público é de R$ 77 bilhões.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Laura Alvarenga
Laura Alvarenga é graduada em Jornalismo pelo Centro Universitário do Triângulo em Uberlândia - MG. Iniciou a carreira na área de assessoria de comunicação, passou alguns anos trabalhando em pequenos jornais impressos locais e agora se empenha na carreira do jornalismo online através do portal FDR, onde pesquisa e produz conteúdo sobre economia, direitos sociais e finanças.