PERÍCIA MÉDICA DO INSS: saiba o que é perguntado e como garantir a APROVAÇÃO do seu benefício

Pontos-chave
  • Benefícios por incapacidade exigem a perícia médica do INSS;
  • Comportamento do segurado pode influenciar no resultado da perícia;
  • Para passar pelo procedimento é necessário agendamento.

Não basta solicitar seu benefício, a perícia médica do INSS (Instituto Nacional do Seguro Social) é exigida para liberar o salário do trabalhador. Esta é uma obrigatoriedade para determinados auxílios, e depende do entendimento de um médico perito para que o pagamento seja liberado ou continue sendo feito.

publicidade
PERÍCIA MÉDICA DO INSS: saiba o que é perguntado e como garantir a APROVAÇÃO do seu benefício
PERÍCIA MÉDICA DO INSS: saiba o que é perguntado e como garantir a APROVAÇÃO do seu benefício (Imagem: Marcos Rocha/ FDR)

Atualmente, pedido de benefícios previdenciários acontece online. No entanto, quando este trata-se do afastamento do cidadão por motivo de saúde é necessário também agendar a perícia médica do INSS. Ao se afastar do trabalho, o funcionário precisa de auxílio financeiro, dado pela Previdência Social.

No caso, por exemplo, de um afastamento por doença psicológica, outro médico pode fornecer um atestado e um laudo comprovando que o cidadão sofre de problemas psicológicos e precisa se afastar. Este é um tipo de prova que deve ser apresentado ao perito do INSS. 

publicidade

A perícia serve justamente para que um profissional autorizado pelo Instituto analise individualmente cada caso, confirme as informações iniciais e dê o seu parecer sobre o pedido de benefício. Evitando fraudes nas solicitações, e garantindo o direito ao salário previdenciário.

Benefícios do INSS que dependem de perícia médica

É exigido que o trabalhador passe pela perícia médica do INSS quando este faz a solicitação de benefícios por incapacidade. O procedimento médico vale em situações como:

  • Auxílio-acidente;
  • Auxílio-doença (Auxílio por Incapacidade Temporária);
  • Benefício de Prestação Continuada – BPC;
  • Aposentadoria por invalidez (Aposentadoria por Incapacidade Permanente);
  • Aposentadoria da Pessoa com Deficiência;
  • Pessoas com deficiência ou doença grave que pretendem receber Pensão por Morte.

O atendimento é válido tanto para a primeira solicitação, como para manter o salário. No caso da aposentadoria por invalidez, por exemplo, a cada dois anos o cidadão deve passar pela perícia médica para comprovar que continua necessitando do pagamento.

E mais, se o INSS realizar a revisão de benefícios e convocar o segurado, este deve comparecer até uma agência para passar pelo exame. O procedimento é chamado de pente fino, e visa acabar com fraudes.

Como ser aprovado na perícia médica do INSS

O procedimento é temido por muitos, pois pode fazer com que um benefício seja negado de forma injusta. Algumas atitudes e providências podem ser tomadas para garantir que o salário seja liberado de forma correta.

publicidade

Confira algumas dicas que podem aumentar suas chances de ser aprovado na perícia médica do INSS:

  • Chegue no horário correto 

Antecipe-se e chegue com pelo menos 15 minutos de antecedência ao horário marcado. Quem se atrasar vai precisar remarcar a perícia, devendo aguardar 30 dias.

publicidade
  • Leve todos os documentos 

Esteja preparado para a perícia com todos os documentos necessários. Isso incluí os documentos pessoais como RG, CPF e carteira de trabalho. Além de documentos médicos, como: atestado, receitas médicas, prontuários, exames e laudos.

  • Atualize seu atestado
publicidade

Quando foi recomendado seu afastamento, foi preciso passar por um médico, o atestado dado naquela situação pode estar desatualizado. Busque passar novamente em consulta dias antes da perícia e peça um atestado completo, contendo qual a doença, prazo de afastamento e o histórico da doença.

  • Priorize o relato do seu maior incômodo

Diferente de uma consulta médica, na perícia o médico vai ter poucos minutos para conversa e análise dos documentos. Priorize falar do que mais te incomoda, a dor ou situação que realmente te impede de trabalhar. Se sobrar tempo, fale sobre os demais problemas.

publicidade
  • Deixe o perito conduzir 

Não chegue afobado mostrando uma série de documentos, falando muito e atropelando as etapas da perícia. Deixe que o perito vai fazer as perguntas e conduzirá cada momento. Limite-se a responder o que foi perguntado.

  • Não esconda a verdade
publicidade

Não adianta querer mentir, exagerar nos sintomas ou relatos. Fale sempre a verdade, pois estará diante de um profissional que pode facilmente reconhecer qualquer mentira.

  • Relate como a doença afeta seu trabalho 

Lembre-se de associar as suas dores e sintomas ao fato de não conseguir trabalhar. Por exemplo, se você é um motorista, ao relatar dores nos braços diga que isto o impede de girar o volante ou puxar o freio de mão.

publicidade
  • Use roupas compatíveis com o momento 

O recomendado é estar vestido com roupas leves, principalmente para os casos em que o perito pode precisar ver as pernas, os braços ou outro membro. As roupas mais simples também vão facilitar caso seja necessário fazer algum exame rápido.

Consulte o resultado da perícia

Tanto o agendamento da perícia como a consulta do seu resultado é feito online. Basta acessar o site ou aplicativo do Meu INSS.

publicidade
  • Faça login no Meu INSS;
  • Clique em “Acompanhar meu benefício”;
  • O sistema vai indicar o andamento do seu pedido.

O INSS tem o prazo de 45 dias para responder ao pedido de benefício. Quem não concordar com o indeferimento, pode entrar com recurso.

publicidade

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Clique aqui e aperte o botão "Seguir" para você ser o primeiro a receber as últimas informações sobre este assunto no seu celular!

Lila Cunha
Lila Cunha é formada em jornalismo pela Universidade de Mogi das Cruzes (UMC). Atua como repórter especial para o portal FDR. É responsável por selecionar as informações abordadas e garantir o padrão de qualidade das notícias veiculadas. Além disso, trabalha com apuração de hard news desde 2019, cobrindo o universo econômico em escala nacional.