Entenda como fugir da FILA DO AUXÍLIO BRASIL consultando o seu benefício pelo CELULAR

A fila de espera do Auxílio Brasil é referente aos grupos que preenchem ao requisito, mas que não são beneficiadas por falta de orçamento. O governo de Jair Bolsonaro (PL) pretende incluir mais 2 milhões de famílias no programa de transferência de renda a partir de agosto. No entanto, o número real é maior que o esperado pelo governo.

publicidade
Entenda como fugir da FILA DO AUXÍLIO BRASIL consultando o seu benefício pelo CELULAR
Entenda como fugir da FILA DO AUXÍLIO BRASIL consultando o seu benefício pelo CELULAR (Imagem: FDR)

Para incluir mais famílias no Auxílio Brasil, a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) que está na Câmara dos Deputados deve ser aprovada. Ela decreta estado de emergência no país, e permite a liberação de R$ 26 bilhões de verbas para investimento neste auxílio.

No entanto, embora a previsão do governo federal era de que haviam 2 milhões de famílias aguardando a entrada no programa, os números devem ser maior. Segundo dados levantados pela Confederação Nacional dos Municípios (CNM), cresceu em 113% a fila no Cadastro Único, sistema obrigatório para entrada no Auxílio Brasil.

publicidade

De acordo com a Confederação, existem 2,788 milhões de famílias aguardando a a entrada no programa. É o que tem sido chamado de “fila da fila”, e que fugiu das previsões originais do governo.

Inclusive, técnicos do Ministério da Cidadania admitiram que dificilmente a fila será zerada com a liberação da PEC. Já que todos os meses novas famílias devem fazer sua inscrição no CadÚnico e preencher os requisitos para receber o benefício.

Paulo Ziulkoski, presidente da CNM, faz uma sugestão contrária ao aumento de R$ 600 no Auxílio Brasil. “Seria possível [com o orçamento da PEC] incluir 12,668 milhões de famílias no programa com R$ 400″, disse à Folha de S. Paulo.

Fuja da fila do Auxílio Brasil

Para aumentar suas chances de conseguir o pagamento do Auxílio Brasil, e diminuir o tempo de espera na fila, o cidadão pode tomar algumas atitudes:

  • Manter atualizado seus dados no CadÚnico;
  • Guardar comprovante de renda e documentos dos familiares;
  • Atualizar os dados no app Caixa Tem.

Além disso, para evitar filas nos centros de assistência social, faça o agendamento na internet e confira se os dados estão atualizados no portal do Cadastro Único.

Clique aqui e aperte o botão "Seguir" para você ser o primeiro a receber as últimas informações sobre este assunto no seu celular!

publicidade

Para saber se foi incluso no programa, no entanto, outros dois aplicativos podem ser consultados. São eles:

  • App Auxílio Brasil – opção “Extrato de pagamentos”;
  • App Caixa Tem – opção “Consulta de saldo”.

publicidade

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Lila Cunha
Lila Cunha é formada em jornalismo pela Universidade de Mogi das Cruzes (UMC). Atua como repórter especial para o portal FDR. É responsável por selecionar as informações abordadas e garantir o padrão de qualidade das notícias veiculadas. Além disso, trabalha com apuração de hard news desde 2019, cobrindo o universo econômico em escala nacional.