Brasil tem uma das inflações mais altas do mundo; entenda como isto impacta suas finanças

O Brasil tem uma das maiores inflações do mundo, bastante acima da média das grandes economias globais. Os dados fazem parte de relatório divulgado pela Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (ODCE), divulgado nesta terça-feira (5).

publicidade
Brasil tem uma das inflações mais altas do mundo; entenda como isto impacta suas finanças
Brasil tem uma das inflações mais altas do mundo; entenda como isto impacta suas finanças (Imagem: Montagem/FDR)

No acumulado em 12 meses até maio, a inflação oficial brasileira, medida pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), chegou a 11,73%. Entre os países que integram o G20, grupo das nações mais ricas, o Brasil fica atrás somente das inflações da Turquia (73,5%), Argentina (60,7%) e Rússia (17,1%).

Na média das nações participantes do G20, a inflação acumulada em 12 meses atingiu 8,8%. Já no grupo dos países que integram o G7, as inflações médias subiram para 7,5%.

publicidade

A inflação dos 38 países que são membros da OCDE, medida pelo Índice de Prelos ao Consumidor (IPC) elevou para 9,6% no acumulado em 12 meses até maio. No mês anterior, o indicador tinha sido de 9,2%.

Isso representa a maior elevação de preços desde agosto de 1988. Segundo o documento, em grande parte, o aumento da inflação da OCDE foi puxado pelos valores de alimentos e energia.

Ano a ano, todas as inflações aumentaram, com exceção da Colômbia, Japão, Luxemburgo e Holanda.

Brasil tem uma das maiores inflações do mundo: como isso impacta suas finanças

A inflação se refere ao aumento dos preços de serviços e produtos. Como o Brasil tem uma das maiores inflações do mundo, os cidadãos brasileiros passam a ter mais dificuldades em gastos básicos — como nas compras em supermercados.

As pessoas mais afetadas pela inflação alta são as com menor poder aquisitivo. Isso acontece porque seu poder de compra passa a diminuir, caso o salário do cidadão não aumente na mesma proporção.

Diante da menor circulação de dinheiro no mercado, haverá menor consumo — o que também tende a afetar as empresas. Consequentemente, podem surgir mais demissões.

Clique aqui e aperte o botão "Seguir" para você ser o primeiro a receber as últimas informações sobre este assunto no seu celular!

publicidade

A escalada da inflação também impacta a área de investimentos. O motivo disso é que o rendimento real de alguma aplicação é obtido somente depois do desconto da inflação. Em outras palavras, caso o rendimento tenha sido abaixo da inflação registrada no período, o investidor teve retorno real negativo.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Silvio Souza
Silvio Suehiro Souza é formado em Comunicação Social - Jornalismo pela Universidade de Mogi das Cruzes (UMC). Desde 2019 dedica-se à redação do portal FDR, onde tem acumulado experiência e vasto conhecimento na área ligada a economia, finanças e investimentos. Além disso, Silvio produz análises sobre produtos e serviços financeiros, sempre prezando pela imparcialidade e informações confiáveis.