Itaú BBA faz indicação sobre ações da Petrobras; veja se é hora de comprar ou vender

Nesta segunda-feira (27), o Itaú BBA retornou a cobertura da Petrobras, com recomendação outperform (performance acima da média do mercado, ou equivalente à compra). A recomendação acontece apesar do panorama adverso para a companhia.

publicidade
Itaú BBA faz indicação sobre ações da Petrobras; veja se é hora de comprar ou vender
Itaú BBA faz indicação sobre ações da Petrobras; veja se é hora de comprar ou vender (Imagem: Montagem/FDR)

De acordo com os analistas do Itaú BBA, para as ações preferencias da Petrobras (PETR4), o preço-alvo é de R$ 43. Já para os ADRs da estatal, o preço-alvo é de US$ 16,4.

Devido às turbulências enfrentadas pela Petrobras, os investidores vêm apresentando preocupações para os papéis da estatal diante de ameaças políticas.

publicidade

Casas como Eleven e Morgan Stanley, por exemplo, têm recomendação neutra para os ativos da empresa na bolsa de valores. Essas instituições apresentam temores com possíveis interferências. Essa preocupação também não é desconsiderada pelo Itaú BBA.

Considerações do Itaú BBA sobre ações da Petrobras

Os analistas do Itaú BBA alegam que, apesar de estarem sensíveis ao intenso fluxo de notícias sobre a Petrobras, é preciso ajustar as lentes — para dar destaque aos fortes fundamentos da empresa e à robusta performance operacional.

Aliados aos preços atuais do petróleo e crescentes volumes de produção, esses fundamentos, possivelmente, resultarão em geração de fluxo de caixa — muito forte para ser ignorada. Isso, principalmente, no curto prazo.

Conforme os analistas, entre as grandes dificuldades que rondam a empresa, estão o futuro da política de preços, estimativa de futura alocação de capital, e desafios da transição energética.

O BBA observa o valor do barril do petróleo, em média, a US$ 106 para este ano. Já para 2025, o valor estimado é de US$ 70. Sobre a política de preços, a pressão de curto prazo causará diferença de valores para 2022 e 2023. Apesar disso, a casa prevê que a companhia alcançará, no médio prazo, a paridade internacional.

No entendimento do Itaú BBA, a estatal está negociando em atraentes múltiplos EV/Ebitda de 2,0 vezes para 2022 e 2,1 vezes para 2023. Isso equivale a uma elevação de 63% em comparação ao preço-alvo.

Clique aqui e aperte o botão "Seguir" para você ser o primeiro a receber as últimas informações sobre este assunto no seu celular!

publicidade

“Concluímos que o preço atual das ações parece descontado o suficiente para acomodar até mesmo cenários muito extremos e, em nossa opinião, improváveis”, afirmam os analistas.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Silvio Souza
Silvio Suehiro Souza é formado em Comunicação Social - Jornalismo pela Universidade de Mogi das Cruzes (UMC). Desde 2019 dedica-se à redação do portal FDR, onde tem acumulado experiência e vasto conhecimento na área ligada a economia, finanças e investimentos. Além disso, Silvio produz análises sobre produtos e serviços financeiros, sempre prezando pela imparcialidade e informações confiáveis.