INSS acumula fila de espera com 1,5 milhões de segurados

O número de pedidos no Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) teve redução de 12,3% de janeiro para junho deste ano. Mesmo assim, ainda há 1,547 milhão de requerimentos de benefícios aguardando análise.

publicidade
INSS acumula fila de espera com 1,5 milhões de segurados
INSS acumula fila de espera com 1,5 milhões de segurados (Imagem: FDR)

Em janeiro deste ano a fila de espera do INSS contava com 1,763 milhão de pedidos. No dia 22 de junho o quantitativo estava em 1,547 milhão. Os dados foram obtidos pelo Estadão/Broadcast e divulgados no último sábado (25).

O recuo de 12,3% poderia ser maior, caso os servidores do INSS não tivessem ficado em greve entre fevereiro e maio de 2022. A greve da categoria só foi encerrada, após o Ministério do Trabalho acatar as reivindicações.

publicidade

O número de pedidos no INSS aumentou após a pandemia de Covid-19. Diante disso, o Governo Federal editou uma Medida Provisória (MP) no mês de abril para reduzir o tempo de espera no atendimento do instituto.

O instituto diminuiu as burocracias, a fim de agilizar a liberação dos benefícios. Uma das principais mudanças foi a dispensa da emissão de parecer da perícia médica quanto à incapacidade laboral. Os benefícios que dependem desse parecer podem ser liberados com base em atestados e laudos médicos.

A MP também obriga os beneficiários de auxílio-acidente a serem submetidos a exame médico, processo de reabilitação profissional ou tratamento. Caso a exigência não seja cumprida, o benefício poderá ser suspenso.

Prazo para análise do INSS

O INSS comprometeu-se com o Supremo Tribunal Federal (STF) em analisar os pedidos no prazo máximo de 30 a 90 dias, de acordo com o tipo de benefício. Além disso, comprometeu-se em fazer as perícias e assistência social em até 45 dias, podendo ser estendido para 90 dias nos locais de difícil acesso.

Em novembro do ano passado, o novo presidente do instituto, José Carlos Oliveira, assumiu o cargo e prometeu zerar a fila de espera até o mês de julho de 2022. Porém, além dos atrasados, todos os dias mais 800 mil novos pedidos são recebidos pelo instituto.

Clique aqui e aperte o botão "Seguir" para você ser o primeiro a receber as últimas informações sobre este assunto no seu celular!

O órgão consegue processar apenas cerca de 700 mil. Diante disso, o INSS começou a implementar uma série de medidas para acelerar a análise dos processos. Entre as medidas estão: automação, capacitação de funcionários e remanejamento de servidores de outras áreas para analisar os benefícios.

publicidade

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Glaucia Alves
Gláucia Alves é formada em Letras-Inglês pela Universidade Federal Rural de Pernambuco (UFRPE). Atuou na área acadêmica durante 8 anos. Em 2020 começou a trabalhar como corretora de redação. Atualmente, trabalha na equipe do portal FDR, produzindo conteúdo sobre economia e direitos da população brasileira, onde já acumula anos de pesquisa e experiência. Além de realizar consultoria de redação on-line.