Mourão faz vaquinha online; descubra o motivo

As vaquinhas online dos candidatos que participarão das eleições deste ano já estão a todo vapor. Dessa vez, foi o vice-presidente da República, general Hamilton Mourão (Republicanos), quem embarcou nessa tendência. Pelo Twitter, na terça-feira (21), ele divulgou a vaquinha criada na plataforma Democratize para financiar sua campanha ao Senado pelo Rio Grande do Sul.

publicidade

“Com apenas R$ 10,00 você colabora com a minha pré-campanha ao Senado. Somando a tua ajuda e o meu compromisso, faremos muito mais pelo nosso Rio Grande”, escreveu.

O valor mínimo das contribuições é R$ 10 por dia e o valor máximo é R$ 1.064,09 por dia. Porém, como é explicado no site da vaquinha, é possível agendar contribuições para datas futuras, após realizar a primeira doação. É preciso, no entanto, respeitar o limite de 10% da renda auferida pelo doador no último ano-calendário.

Num texto de apresentação no site, o General Mourão já fala em tom de candidato.

publicidade

“Sou Gaúcho de Porto Alegre e tenho muito orgulho do nosso povo e do torrão onde nasci e vivi grande parte da minha vida. Como Vice-Presidente da República, junto de nosso Presidente Bolsonaro, tenho trabalhado arduamente pelas causas da nossa gente, buscando levar desenvolvimento e paz social para todos. Sou pré-candidato ao Senado pelo Rio Grande do Sul e – tenho certeza – que vamos juntos, na mesma trincheira, ombro a ombro por um Rio Grande forte, justo e moderno”, diz o texto.

Gaúcho de Porto Alegre

Antônio Hamilton Martins Mourão é um general aposentado do Exército Brasileiro. Natural de Porto Alegre, ele ganhou notoriedade em 2015, após fazer críticas ao governo da presidente Dilma e pedir homenagem póstuma ao coronel Carlos Alberto Brilhante Ustra, conhecido torturador da Ditadura Militar. Por essas atitudes, Mourão foi exonerado do Comando Militar do Sul.

Depois de passar para a reserva, em 2018, concorreu como vice de Jair Bolsonaro na chapa presidencial. Depois da eleição, no entanto, os dois se afastaram e passaram a trocar farpas em público.

Clique aqui e aperte o botão "Seguir" para você ser o primeiro a receber as últimas informações sobre este assunto no seu celular!

As pesquisas mais recentes mostram Mourão na dianteira da corrida para o Senado no Rio Grande do Sul. No último levantamento EXAME/Ideia, publicado em 16 de junho, Mourão aparece com 19% das intenções de voto, à frente de Manuela d’Ávila (que disse que não irá se candidatar), com 17%, Ana Amélia Lemos, com 15%, e Lasier Martins, com 11%.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Amaury Nogueira
Amaury da Silva Nogueira é bacharelando em Letras/Edição pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG). Apaixonado pelo universo da escrita, atua há dois anos como redator e realiza pesquisas sobre história da edição no Brasil. Além disso, atualmente pesquisa também sobre direitos e benefícios sociais para agregar conhecimento na redação do portal de notícias FDR.