Empresários brasileiros saem da lista de bilionários; descubra o motivo

A desvalorização de ações de algumas companhias listadas na bolsa de valores fez com que alguns empresários saírem da lista de bilionários da Forbes. No começo de junho, a ex-CEO do Magazine Luiza, Luiza Trajano perdeu o posto. Além dela, outros três empresários deixaram a lista, segundo apurado pelo InfoMoney.

publicidade
Empresários brasileiros saem da lista de bilionários; descubra o motivo
Empresários brasileiros saem da lista de bilionários; descubra o motivo (Imagem: Montagem/FDR)

Outros empresários que saíram da lista de bilionários foram o cofundador e CEO da construtora MRV, Rubens Menin, e também os irmãos Candido Koren de Lima Junior e Jorge Koren de Lima. Estes dois são filhos do fundador e integrantes do conselho da Hapvida. Atualmente, suas fortunas estão abaixo de US$ 1 bilhão.

Conforme a Forbes, em julho do ano passado, dentro do grupo de bilionários, o executivo da MRV chegou a ter US$ 3,9 bilhões de patrimônio. Há um ano, os irmãos Cândido e Jorge tinham uma fortuna de US$ 2,1 bilhões. No caso de Luiza Trajano, do Magazine Luiza, o patrimônio era de US$ 5,6 bilhões.

publicidade

Motivo para a saída de empresários da lista da bilionários

A perda de dinheiro, e mudança na lista de bilionários, acontece em meio à desvalorização das ações dessas empresas na bolsa de valores. No acumulado até 17 de junho, os ativos do Magalu perderam 67%. Os papéis da Hapvida caíram 43%. Já as ações da MRV recuaram 32% no período.

A XP, em relatório, citou razões para a diminuição das ações das respectivas companhias.

No caso da Magazine Luiza, o setor de e-commerce vem sendo bastante afetado. Isso diante do panorama de deterioração macroeconômica, inflação mais persistente do que o previsto, guerra na Ucrânia e prosseguimento de lockdowns na China.

Segundo analistas da XP, em análise dos resultados do primeiro trimestre, a Hapvida ainda passa por problema de crescimento orgânico. Os números negativos no período também foram impactados pelo alto nível de sinistralidade.

Com relação à MRV, a corretora informa que os resultados dos últimos anos não vêm sendo prejudicados pela margem bruta menor do que o previsto para a operação principal da empresa (operação brasileira).

Isso por conta dos custos sob pressão, impactados especialmente pela forte elevação do preço do aço. Devido a disso, o lucro líquido da companhia vem ficando abaixo das previsões da XP.

publicidade

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Clique aqui e aperte o botão "Seguir" para você ser o primeiro a receber as últimas informações sobre este assunto no seu celular!

Silvio Souza
Silvio Suehiro Souza é formado em Comunicação Social - Jornalismo pela Universidade de Mogi das Cruzes (UMC). Desde 2019 dedica-se à redação do portal FDR, onde tem acumulado experiência e vasto conhecimento na área ligada a economia, finanças e investimentos. Além disso, Silvio produz análises sobre produtos e serviços financeiros, sempre prezando pela imparcialidade e informações confiáveis.