Este é o grande culpado pela inflação de acordo com 4 em cada 10 brasileiros

42% dos brasileiros consideram que o presidente Jair Bolsonaro é o principal responsável pela atual inflação no país. É isso o que aponta a pesquisa PoderData mais recente, publicada nesta segunda-feira (13) e realizada entre os dias 5 e 7 de junho.

Em segundo lugar, os governadores são apontados por 18% dos entrevistados na pesquisa como os principais responsáveis pela alta de preços. Outros 13% citam a pandemia como principal causa, enquanto 8% acreditam que o grande motivo para a inflação é a guerra na Ucrânia. Confira o resultado completo:

“Quem você acha que é o responsável pelo aumento de preços no Brasil?” (PoderData, 5-7 de junho):

  • Bolsonaro: 42%
  • governadores: 18%
  • pandemia: 13%
  • guerra na Ucrânia: 8%
  • Petrobras: 2%
  • empresas em geral: 2%
  • outros responsáveis: 9%
  • não sabem: 6%

O resultado dessa pesquisa não apresenta muita diferença em relação ao levantamento anterior do PoderData, realizado entre 22 e 24 de maio. Quase todas as respostas variaram dentro da margem de erro, que é de 2 pontos percentuais para mais ou para menos:

Pesquisa PoderData de 22-24 de maio:

  • Bolsonaro: 42%
  • governadores: 18%
  • pandemia: 16%
  • guerra na Ucrânia: 9%
  • Petrobras: 3%
  • empresas em geral: 3%
  • outros responsáveis: 6%
  • não sabem: 2%

O levantamento também revela que, entre os que desaprovam o governo Bolsonaro, é ainda maior o índice dos que apontam o presidente como culpado pela inflação: 72%. Entre os que aprovam, o índice é de 8%, sendo apenas a quarta resposta mais mencionada nesse grupo, estando atrás de: governadores (30%), pandemia (21%) e guerra na Ucrânia (14%).

Entre os estratos sociais que mais enxergam Bolsonaro como culpado pela alta dos preços, destacam-se:

  • mulheres (48%)
  • quem tem ensino superior (56%)
  • quem é do Nordeste (53%)
  • que é do Centro-Oeste (49%)
  • quem recebe mais de 5 salários mínimos (50%)

Esses números apresentam uma correlação com os observados nas pesquisas de intenção de voto para presidente. No último levantamento desse tipo feito pelo PoderData, entre 5 e 7 de junho, o ex-presidente Lula aparece na liderança, com (43%) das intenções de voto, e Bolsonaro aparece em segundo, com 35%.

Inflação

A inflação alta voltou a ser um problema para os brasileiros nos últimos meses. Apesar da desaceleração do índice para 0,47% em maio, o IPCA (Índice de Preços ao Consumidor Amplo), medido pelo IBGE, acumula alta de 11,73% em 12 meses. Muitos economistas preveem que 2022 também termine com o índice em dois dígitos, assim como ocorreu em 2021. Caso isso se confirme, será a primeira vez desde o Plano Real que a inflação fica acima de 10% por dois anos seguidos.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Amaury Nogueira
Amaury da Silva Nogueira é bacharelando em Letras/Edição pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG). Apaixonado pelo universo da escrita, atua há dois anos como redator e realiza pesquisas sobre história da edição no Brasil. Além disso, atualmente pesquisa também sobre direitos e benefícios sociais para agregar conhecimento na redação do portal de notícias FDR.