Inflação desacelera em maio; descubra quais alimentos ficaram mais caros

No mês de maio, a inflação medida pelo IPCA (Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo) ficou em 0,47%. Considerando o ano de 2022 até maio, os preços estão 47,8% mais elevados. Já nos últimos 12 meses, a variação é de de 11,73%. Vendo pelo lado bom, o índice apresentou um ritmo de subida mais lento, isto é, vem crescendo de maneira mais devagar do que antes.

Entre os grupos que já foram considerados como vilões no passado, o de “alimentos e bebidas”, por exemplo, registrou um aumento menos frenético. No entanto, ainda existem produtos que vem assustando os consumidores brasileiros por conta dos altos preços.

No mês passado, foi detectado uma redução no preço de alguns produtos que anteriormente puxaram o IPCA para cima. Entram neste rol o tomate, que ficou 23,72% mais em conta e a batata inglesa, que teve o preço reduzido em 3,94%.

Outro alimento que viu o preço cair em maio foi a cenoura, que ficou 24,07% mais barata, no entanto, no acumulado de 12 meses, ela passou por uma alta de 116,37%.

Em maio, a grande vilã foi a cebola, que está 21,36% mais cara. Se destaca de maneira negativa também o feijão carioca, com uma alta de 7,31%. Também está mais caro o leite longa vida, com uma variação de 4,65% em maio e uma alta acumulada de 28,03% no ano.

Maiores altas em maio

Item Alta em maio Alta no ano Alta em 12 meses
Cebola 21,36 59,49 48,93
Feijão-carioca (rajado) 7,31 28,46 19,03
Leite longa vida 4,65 28,03 29,28
Chocolate em barra e bombom 3,95 5,16 10,18
Macarrão 3,86 12,11 19,12
Queijo 2,4 8,37 17,39
Carnes e peixes industrializados 1,85 2,83 7,74
Pão francês 1,81 11,71 15,59
Óleo de soja 1,81 22,54 31,25
Biscoito 1,78 10,62 14,88
Frango inteiro 1,78 1,51 17,81
Frango em pedaços 1,62 -0,61 22,71
Café moído 1,25 14,63 67,01
Refrigerante e água mineral 1,09 5,75 10,94
Lanche 1,08 3,3 3,62

Dicas para economizar no supermercado

  • Saiba o quanto pode gastar

Antes de sair de casa, estabeleça o quanto pode gastar no mercado. Cada família deve adequar este gasto a sua renda, ou seja, não existe uma quantia ideal. Fazendo isso, você evita imprevistos.

  • Faça uma lista

Saber exatamente o que precisa comprar deixa sua ida ao mercado mais objetiva. Desta forma, você evita o “passeio” pelos corredores e aquela tentação em pegar itens que não fazem parte das duas necessidades.

  • Observe a diferença de preços

É sempre importante quando se quer economizar, fazer uma pesquisa de preço no supermercados próximos de sua casa. Os preços podem variar muito de local para local.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Paulo Amorim
Paulo Henrique Oliveira é formado em Jornalismo pela Universidade Mogi das Cruzes e em Rádio e TV pela Universidade Bandeirante de São Paulo. Atua como redator do portal FDR, onde já cumula vasta experiência e pesquisas, produzindo matérias sobre economia, finanças e investimentos.