Entenda quando a sua perícia do INSS deve ser feita online ou presencial

A perícia médica do INSS é um procedimento condicionado à concessão de benefícios por incapacidade e doenças graves. É ela que tem o poder de atestar se a condição alegada pelo cidadão realmente é verdadeira. 

Entenda quando a sua perícia do INSS deve ser feita online ou presencial
Entenda quando a sua perícia do INSS deve ser feita online ou presencial. (Imagem: Marcos Rocha/ FDR)

A relevância deste procedimento consiste na possibilidade evitar golpes e fraudes envolvendo benefícios previdenciários e assistenciais, enquanto também tem a capacidade de amparar os segurados que realmente necessitam de ajuda. Atualmente, a perícia médica do INSS é necessária para a liberação dos seguintes benefícios: 

  • Benefício de Prestação Continuada (BPC), caso seja um beneficiário por deficiência;
  • Auxílio-doença;
  • Aposentadoria por incapacidade permanente;
  • Aposentadorias da pessoa com deficiência;
  • Auxílio-acidente.

Por algum tempo, a perícia médica presencial esteve suspensa em virtude da greve dos servidores do INSS, inclusive dos médicos peritos. Porém, o procedimento já foi retomado de modo a atender gradativamente todos os segurados com agendamentos. 

Vale lembrar que durante os dois primeiros anos de pandemia da Covid-19, o Governo Federal possibilitou a realização da perícia médica online em virtude das restrições de convívio que resultaram no distanciamento social. Assim, em casos singelos, bastava enviar toda a documentação médica que comprove a incapacidade alegada no ato da requisição do benefício. 

A perícia online é adequada para aqueles que se inscrevem para receber auxílio-doença, mas não estão aptos a realizar o processo cara a cara. Além disso, a medida visa reduzir a fila de espera do INSS, agilizando a liberação dos benefícios aos segurados qualificados.

Portanto, o exame pela Internet só se registra quando não é possível fazê-lo presencialmente em decorrência de prazos ou operações institucionais. Infelizmente, poucas pessoas conhecem esta informação. Alguns até vão diretamente nas agências do INSS sem procurar por maiores detalhes.

Por outro lado, a perícia médica presencial é crucial em casos minuciosos, como aposentadoria por invalidez, auxílio doença ou o Benefício por Prestação Continuada (BPC). Estes são alguns benefícios cuja liberação está condicionada à realização da perícia, mas que possuem regras mais detalhadas em relação ao auxílio doença. 

Agendamento da perícia médica pelo Meu INSS

  • Acesse o aplicativo ou site Meu INSS;
  • Informe CPF e senha; depois, clique no botão “Agendar perícia” ou busque o termo no campo “Do que você precisa”;
  • Selecione a opção “Perícia Inicial”;
  • Preencha os campos que solicitam número de telefone e outros dados;
  • Escolha se é “Empregado” ou “Não Empregado”. Se escolher a opção “Empregado” é preciso preencher o CNPJ da empresa na qual trabalha. Em seguida, clique em “Avançar”;
  • Informe o “CEP” para que o sistema apresente a agência mais próxima e clique em “Avançar”;
  • Você será redirecionado ao site da Dataprev;
  • Confirme o nome da cidade e escolha a data e o horário disponível para o exame.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Laura Alvarenga
Laura Alvarenga é graduada em Jornalismo pelo Centro Universitário do Triângulo em Uberlândia - MG. Iniciou a carreira na área de assessoria de comunicação, passou alguns anos trabalhando em pequenos jornais impressos locais e agora se empenha na carreira do jornalismo online através do portal FDR, onde pesquisa e produz conteúdo sobre economia, direitos sociais e finanças.