PIS/PASEP: veja como sacar o abono salarial fora do calendário do governo

Anualmente é liberado pelo governo federal o abono do Programa de Integração Social (PIS), e o Programa de Formação do Patrimônio do Servidor Público (PASEP). A quantia equivale a um 14° salário pago aos trabalhadores que atuam com registro em carteira. Para quem perdeu a data de retirada, será preciso seguir outras regras.

PIS/PASEP: veja como sacar o abono salarial fora do calendário do governo
PIS/PASEP: veja como sacar o abono salarial fora do calendário do governo (Imagem: FDR)

Desde o dia 31 de março ficou autorizado que o cidadão pudesse receber os valores esquecidos do PIS/PASEP. Essa regra vale para quem não sacou o pagamento entre julho de 2019 e junho de 2020.

É importante dizer que este lote é diferente do atual, em que estão sendo pagos os trabalhadores que atuaram durante o ano de 2020. Neste caso, o dinheiro está disponível pelo menos até o fim do ano, em dezembro.

Desde que tenham prestado pelo menos 30 dias de serviço com registro em carteira, e ganho até dois salários mínimos. Além disso é necessário ter número de PIS/PASEP há pelo menos cinco anos.

O Ministério do Trabalho e Previdência informou que estão esquecidos pelo menos R$ 400 milhões nas contas do governo. Mas, há possibilidade de receber a quantia ainda.

Vale lembrar que a Caixa Econômica fica responsável pelo pagamento do PIS. Enquanto o Banco do Brasil fará o repasse do valor disponibilizado pelo PASEP.

Como sacar o dinheiro esquecido no PIS/PASEP

Aqueles que têm disponível uma quantia guardada no banco, mas que por algum motivo ainda não fizeram a retirada devem fazer o pedido formal da reemissão do dinheiro esquecido.

Existem duas formas de realizar o pedido:

  • Apresentando um documento com foto em uma agência do Ministério do Trabalho;
  • Pelo e-mail: trabalho.uf@economia.gov.br, a expressão “uf” deve ser substituída pela sigla do estado em que reside.

Caso não faça a solicitação até o dia 29 de dezembro deste ano, será necessário aguardar até o início de um próximo ano para fazer a solicitação.

O valor do PIS/PASEP esquecido equivale ao salário mínimo do ano base, isto é, do ano em que o cidadão estava trabalhando. Para quem atuou em 2019 o valor é de R$ 998. Considerando o trabalho de 2020 o valor fica em R$ 1.039.

Descubra se tem valor esquecido

Aqueles que ainda não consultaram quanto há “esquecido” no banco, podem usar dos meios online para a verificação. Dessa forma, ao descobrir a quantia do PIS/PASEP que não foi sacada, o passo seguinte é fazer a solicitação.

Meios de consulta:

  • App Caixa Trabalhador;
  • App BB Pasep;
  • App Carteira de Trabalho Digital;
  • Telefone 158.

Entre na comunidade do FDR e receba informações gratuitas no seu Whatsapp!

Lila CunhaLila Cunha
Formada em jornalismo pela Universidade de Mogi das Cruzes (UMC) desde 2018. Já atuou em jornal impresso. Trabalha com apuração de hard news desde 2019, cobrindo o universo econômico em escala nacional. Especialista na produção de matérias sobre direitos e benefícios sociais. Suas redes sociais são: @liilacunhaa, e-mail: lilacunha.fdr@gmail.com