Festas juninas tem grande importância econômica para o país; descubra quanto movimentam

O setor de turismo está voltando a normalidade após dois anos parado por conta da pandemia do coronavírus. O setor está faturando alto com as famosas festas juninas que são tradicionais em muitos locais do Brasil, especialmente no Nordeste.

publicidade

De acordo com um levantamento feito pelo Ministério do Turismo juntamente com  as gestões municipais e estaduais, o mês de junho deve movimentar a economia dos principais destinos juninos do país em R$2 bilhões.

O Ministério informou ainda que no mês de junho foram registradas 151 festas de norte a sul do Brasil, sendo que mais da metade eram juninas, no Calendário de Eventos, que ajuda o turista no momento do planejamento de viagens e de escolher destinos com oferta turística diferenciada e diversificada.

Um exemplo é a cidade de Campina Grande, na Paraíba, que tem a maior festa junina do país e deve movimentar R$400 milhões com hotéis e agências de viagens, que estão vendendo pacotes especiais para a festa. Na Bahia, por sua vez, o governo projeta uma arrecadação de cerca de R$1 bilhão na economia e uma movimentação de 1,5 milhões de pessoas.

publicidade

A Prefeitura de Caruaru, no Pernambuco, está estimando uma entrada de R$250 milhões na economia. Já em Parintins, no Amapá, onde é realizada a tradicional festa dos bois Garantido e Caprichoso é esperada uma injeção R$ 100 milhões na economia local.

Ainda segundo o Ministério do Turismo, a cidade de Corumbá, no Mato Grosso do Sul, o Banho de São João deve contar com presença de 40 mil pessoas nos dias 23 e 24 de junho. A prefeitura da cidade ainda vai promover quatro noites de “Arraiá” no Porto Geral, que contará com concurso de quadrilhas, de andores e atrações musicais, e ainda 100 barracas com comidas e bebidas típicas.

Em Aracaju, Sergipe, o Forró Caju 2022, deve contar com mais de 100 mil pessoas por noite na praça de eventos Hilton Lopes, no centro histórico da cidade. A prefeitura da cidade também irá promover a recepção aos turistas com o Circular Junino, e ainda com  o Circuito Folclórico Sergipano e do Fórum do Forró, que integram a programação do Forró Caju 2022.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Paulo Amorim
Paulo Henrique Oliveira é formado em Jornalismo pela Universidade Mogi das Cruzes e em Rádio e TV pela Universidade Bandeirante de São Paulo. Atua como redator do portal FDR, onde já cumula vasta experiência e pesquisas, produzindo matérias sobre economia, finanças e investimentos.