Entregadores poderão financiar motos elétricas pelo iFood; saiba mais

Nesta semana, o iFood anunciou uma iniciativa de mobilidade urbana amiga do meio ambiente: agora os entregadores parceiros terão acesso a condições especiais para adquirir motos elétricas.

Integram esta iniciativa os modelos elétricos EVS Work, da Voltz, que custam por volta de R$ 9.990. o banco BV está envolvido no projeto e será ele que irá facilitar os financiamentos.

As primeiras 300 motos que forem financiadas receberão um subsídio de R$2.000 e o processo engloba a etapa de aprovacão de crédito e também do condutor. De acordo com o iFood, a finalidade da medida é a de juntar economia financeira com uma mobilidade menos poluente para beneficiar toda a sociedade.

É projetado que pelo menos 10 mil motos elétricas passem a fazer parte da frota do aplicativo até o mês de março do ano que vem.

O iFood paga atualmente para os entregadores cerca de R$3.020 bruto por mês por uma jornada de 8 horas por dia. O montante pago considera a média dos cinco dias úteis trabalhados. 

Funcionamento da iniciativa 

Esta iniciativa não é obrigatória para os entregadores da plataforma. As motos elétricas possuem um sistema compartilhado de baterias, se tornando outra opção aos entregadores que não querem se preocupar com recarga.

Os entregadores poderão aproveitar também os planos disponibilizados. O valor parte de R$129 por mês para quem roda até 2 mil km a até R$ 319,00 para quilometragem e trocas ilimitadas de baterias.

“Assim, os entregadores fazem a troca de baterias descarregadas por outras carregadas de forma rápida e simples. Mas, a moto também vem com um carregador de bateria em que é possível de recarregar em qualquer tomada”, explicou a empresa.

A moto tem uma autonomia entre 100 a 180 quilômetros com duas baterias, o que assegura uma boa circulação. Os motoristas também não precisam se preocupar com pausas para carregar a bateria ao usarem os pontos de troca de bateria, que ficam em diversos postos Ipiranga em São Paulo.

Neste início, o projeto está sendo implementado em São Paulo, que conta com 100 pontos de recarga nos bairros Lapa, República Consolação, Pinheiros, Jardins, Paulista, Aclimação, Paulista, Moema, Itaim Bibi, e outros.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Paulo Amorim
Paulo Henrique Oliveira é formado em Jornalismo pela Universidade Mogi das Cruzes e em Rádio e TV pela Universidade Bandeirante de São Paulo. Atua como redator do portal FDR, onde já cumula vasta experiência e pesquisas, produzindo matérias sobre economia, finanças e investimentos.