SOS Pernambuco: plataformas disponibilizam vaquinhas online para ajudar população

Após as fortes chuvas ocorridas em Pernambuco e outros estados do Nordeste, que afetaram especialmente os municípios do Grande Recife, uma rede de solidariedade foi formada, unindo gente de todo o Brasil que deseja ajudar a população com doações.

O movimento tem a participação de figuras conhecidas, como a humorista Gessica Kayane, mais conhecida como GKay. Natural da Paraíba, estado que também foi afetado pelas chuvas, ela fez uma doação de R$ 100 mil para uma instituição que está prestando assistência às vítimas e também pediu a seus fãs que fizessem doações.

Entidades como a CUFA (Central Única das Favelas), Cruz Vermelha, OAB (Ordem dos Advogados do Brasil) de Pernambuco, Arquidiocese de Olinda e Recife, Cáritas e UFPE (Universidade Federal de Pernambuco), além das prefeituras dos municípios afetados, também estão recebendo donativos e atuando na assistência às vítimas. Veja como doar.

Mas pessoas comuns também estão fazendo a sua parte, através de vaquinhas online em plataformas especializadas, como Vakinha e Campanha do Bem, ou pelas redes sociais, pedindo transferências por Pix e doações de roupas, alimentos não perecíveis, remédios e outros itens essenciais. Confira a seguir.

Plataformas com vaquinhas online

É possível achar vaquinhas em auxílio à população de Pernambuco sendo anunciadas nessas plataformas:

Atenção: antes de participar de uma vaquinha online, se certifique de que ela é organizada por pessoas que realmente encaminharão a doação para auxílio das vítimas. Infelizmente, são frequentes os golpes envolvendo campanhas falsas de arrecadação na internet.

Vaquinhas online para ajudar população de Pernambuco

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Amaury Nogueira
Amaury da Silva Nogueira é bacharelando em Letras/Edição pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG). Apaixonado pelo universo da escrita, atua há dois anos como redator e realiza pesquisas sobre história da edição no Brasil. Além disso, atualmente pesquisa também sobre direitos e benefícios sociais para agregar conhecimento na redação do portal de notícias FDR.