FGTS é liberado para a população de Pernambuco; veja como solicitar e qual o valor

Pontos-chave
  • FGTS de R$ 6 mil é autorizado para os moradores de Pernambuco;
  • Solicitação deve ser feita diretamente com a Caixa;
  • Bolsonaro libera pagamentos através do BPC.

Governo Federal autoriza saques para os moradores de Pernambuco. Nessa segunda-feira (30), o presidente Jair Bolsonaro esteve em Recife para acompanhar as ações de contenção das enchentes que afetam a região do estado. Durante uma coletiva de imprensa, informou que estará liberando R$ 6 mil pelo FGTS e antecipando o BPC. Entenda.

FGTS é liberado para a população de Pernambuco; veja como solicitar e qual o valor (Imagem: FDR)
FGTS é liberado para a população de Pernambuco; veja como solicitar e qual o valor (Imagem: FDR)

Nos últimos dias, os moradores de Recife e demais municípios de Pernambuco estão sendo afetados por fortes chuvas. Com mais de 90 mortos e mil desabrigados, o Governo Federal precisou se pronunciar liberando recursos para auxiliar na reparação dos danos.

Bolsonaro em Recife

O presidente Jair Bolsonaro foi até a capital pernambucana para decidir quais seriam as contribuições do Governo Federal. Durante uma coletiva de imprensa, informou que já autorizou a Caixa Econômica a liberar o saque calamidade com um valor de aproximadamente R$ 6 mil para cada cidadão.

Além disso, Bolsonaro informou que estará antecipando o pagamento do Benefício de Prestação Continuada (BPC) com uma parcela no valor de um salário mínimo (R$ 1.212), para os atingidos.

De acordo com ele, o Governo Federal também teria destinado R$ 1 bilhão para “restabelecer serviços essenciais e reconstruir estruturas danificadas”.

“Em todos os municípios que nós tenhamos a comunicação do estado e do MDR, nós faremos imediatamente a liberação do FGTS em até cinco dias e pausas de até três meses em todas linhas de crédito para pessoas físicas e micro e pequenas empresas. A Caixa fará todo os pagamentos, inclusive pelo celular. Mesmo que a agência esteja alagada, nós faremos o pagamento, nós faremos as pausas e nós daremos novos créditos com até seis meses de carência”, declarou.

Como solicitar o saque por calamidade do FGTS?

O pedido pode ser feito diretamente pelo APP do FGTS sendo necessário seguir as etapas abaixo:

  • Abra o app do FGTS e faça login com as informações de cadastro da Caixa;
  • Selecione a opção Meus Saques, em seguida clique em Outras situações de Saques;
  • Selecione a opção Calamidade Pública e digite o nome do município em que você reside e clique em Continuar;
  • Na próxima etapa, escolha o tipo de conta em que deseja receber o seu FGTS: se prefere crédito em conta bancária de qualquer instituição ou saque presencial;
  • Faça o envio dos documentos solicitados (listados acima) e confirme;
  • Após isso, os dados serão enviados para a Caixa que irá analisar a solicitação e liberar o valor na conta do trabalhador se ele estiver apto ao saque calamidade.

Documentos exigidos para retirar a quantia

  • Documento de identificação pessoal;
  • Carteira de Trabalho;
  • Cópia autenticada das atas das assembleias que comprovem a eleição, eventuais reconduções e término do mandato, quando se tratar de diretor não empregado;
  • Número de inscrição PIS/PASEP/NIS;
  • Comprovante de residência (conta de luz, água, telefone, gás, extratos bancários, carnês de pagamentos, entre outros) emitido nos últimos 120 dias anteriores à decretação da emergência ou calamidade havida em decorrência do desastre natural.

Quem poderá ser contemplado?

A liberação ficará disponível para os cidadãos que comprovem ter sido atingidos pelas chuvas com danos em suas residências. No entanto, é preciso ter saldo nas contas ativas e inativas do FGTS. O valor vai variar de acordo com a renda registrada no fundo de garantia.

Quem vai receber a antecipação do BPC?

No caso dos segurados do BPC, o pagamento será concedido para todos aqueles que já estejam vinculados ao programa. Não vai ser preciso fazer uma solicitação uma vez em que o Governo Federal sinalizará ao INSS a necessidade do repasse especificamente para os pernambucanos.

Vamos colocar à disposição daqueles que desejarem, entre os beneficiários do BPC, que são os idosos e pessoas com deficiência, a possibilidade de fazerem a antecipação de uma parcela do benefício. Isso vai ser diluído ao longo de 36 meses sem nenhum tipo de encargo ou juros para essas pessoas”, afirmou Ronaldo Bento, ministro da cidadania.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Eduarda Andrade
Maria Eduarda Andrade é mestra em ciências da linguagem pela Universidade Católica de Pernambuco, formada em Jornalismo na mesma instituição. Enquanto pesquisadora, atua na área de políticas públicas, economia criativa e linguística, com foco na Análise Crítica do Discurso. No mercado de trabalho, passou por veículo impresso, sendo repórter do Diario de Pernambuco, além de assessorar marcas nacionais como Devassa, Heineken, Algar Telecom e o Grupo Pão de Açúcar. Atualmente, dedica-se à redação do portal FDR, onde já acumula anos de experiência e pesquisas sobre economia popular e direitos sociais.