Dia Livre de Impostos está chegando; confira como aproveitar para gastar até 70% menos

Será realizado no próximo dia 2, o Dia Livre de Impostos, uma data em que os lojistas irão vender seus produtos sem tributação. Durante a ação, os consumidores poderão encontrar produtos com descontos de até 70%, considerando os diferentes percentuais de tributação.

publicidade

Entre os produtos com desconto podem ser encontrados eletrodomésticos, eletrônicos e serviços.

A 16ª edição do Dia Livre de Impostos será feita de maneira digital e pode ser aderido por lojistas de todo o Brasil. A iniciativa é da Câmara de Dirigentes Lojistas Jovem (CDL Jovem) e da Federação das Câmaras de Dirigentes Lojistas do Estado de SP (FCDLESP).

Segundo dados do IBPT (Instituto Brasileiro de Planejamento e Tributação), os brasileiros precisam trabalhar 149 dias do ano somente para pagar os impostos. O Brasil ocupa a 14ª posição dos países que mais arrecada imposto, nos entanto, permanece em último lugar como país que oferece o melhor retorno do dinheiro para a população.

publicidade

“O Dia da Livre de Impostos é uma forma de deixar claro ao consumidor como a alta tributação afeta seu poder de compra”, disse o presidente da FCDLESP, Maurício Stainoff Stainoff.

O coordenador nacional da CDL Jovem, Raphael Paganini Picanço, disse que a carga tributária pesada do país atrapalham os consumidores que precisam pagar mais caro pelos produtos que desejam consumir e também as empresas que enfrentam processos fiscais muito burocráticos.

Ele também chama a atenção para a necessidade de uma reforma tributária e ressalta a importância dos consumidores se engajarem no próximo dia 2 de junho e comprarem para movimentar a economia e também para chamar atenção do poder público.

Segundo um levantamento realizado pela plataforma CupomVálido, baseado em dados da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico, no Brasil, os empreendimentos pagam uma alíquota de imposto de 34% em média. Este patamar é 70% superior que a média mundial.

Entre os 111 países consultadas, a taxa média de tributação das empresas é de 20% e apenas 18 países cobram alíquota acima de 30%.

publicidade

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Paulo Amorim
Paulo Henrique Oliveira é formado em Jornalismo pela Universidade Mogi das Cruzes e em Rádio e TV pela Universidade Bandeirante de São Paulo. Atua como redator do portal FDR, onde já cumula vasta experiência e pesquisas, produzindo matérias sobre economia, finanças e investimentos.