Telenfermagem é regulamenta pelo Conselho; saiba como fica a atuação

Conselho Federal de Enfermagem regulamentou a prática da telenfermagem. Agora, é possível aderir a ela tanto no âmbito particular quanto do SUS; entenda melhor as implicações dessa decisão.

o Cofen publicou no Diário Oficial da União a Resolução Nº 696 que dispõe sobre a prática dos profissionais de enfermagem na saúde digital no âmbito do SUS e privado, essa prática é chamada de telenfermagem.

Essa prática começou a ser adotada no Brasil durante a pandemia, quando foi necessário o distanciamento social.

Foi nesse cenário que a necessidade de elaboração de uma resolução que realmente regulamentasse essa prática de forma definitiva foi percebida.

Assim, um grupo de trabalho foi formado para estudar sobre o assunto e abriu uma consulta pública que ficou disponível até 15 de novembro de 2021; a ideia era reunir as melhores ideias sobre a teleconsulta, teleatendimento, teleconsultoria e telemonitoramente; tudo foi feito com mediação da Tecnologia da Informação e Comunicação (TIC).

Telenfermagem no Brasil

De acordo com o texto da resolução estão permitidas as seguintes práticas:

“engloba Consulta de Enfermagem, Interconsulta, Consultoria, Monitoramento, Educação em Saúde e Acolhimento da Demanda Espontânea mediadas por Tecnologia da Informação e Comunicação (TIC)”, informa a resolução.

Quanto a emissão de receitas e solicitação de exames, será necessário que o pedido tenha assinatura eletrônica do profissional e a empresa que presta o serviço deve se responsabilizar por oferecer toda a estrutura para a realização do atendimento.

Também segundo a resolução, todas as ações devem ter o consentimento do paciente, seja de forma verbal ou de forma escrita e devem ser escritas no prontuário do paciente.

“Entendo que esta modalidade de atendimento é imprescindível na atual conjuntura de saúde no país, pois é uma prática que se fortaleceu durante a pandemia e que necessitava de regulamentação própria. Não há como retroceder nesta prática na profissão”, afirmou a conselheira federal relatora do projeto, Helga Bresciani.

Para saber mais sobre vagas de emprego, vestibulares e cursos, acompanhe a editoria de Carreiras do FDR.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Jamille Novaes
Jamille Pereira Novaes é graduada em Letras Vernáculas pela Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (UESB), pós-graduada em Gestão da Educação pelo Centro Universitário Maurício de Nassau (UNINASSAU). Como professora de Língua Portuguesa, já atuou no ensino fundamental I e II. Atualmente, trabalha como professora de Língua Portuguesa no ensino técnico e redatora da editoria de carreiras do portal FDR. Jamille utiliza sua experiência na área da educação para cobrir notícias sobre cursos, vestibulares, empregos e concursos.