Meu Auxílio Brasil não caiu na conta: o que fazer? Aprenda a contestar a decisão

Beneficiários com o Auxílio Brasil suspenso podem entrar com um pedido de contestação. Na última semana, a Caixa Econômica Federal deu início ao pagamento de mais uma rodada do projeto social. Para os cidadãos que tiveram o salário social bloqueado, há uma forma de recuperá-lo. Confira.

Meu Auxílio Brasil não caiu na conta: o que fazer? Aprenda a contestar a decisão (Imagem: FDR)
Meu Auxílio Brasil não caiu na conta: o que fazer? Aprenda a contestar a decisão (Imagem: FDR)

Uma nova rodada do Auxílio Brasil foi iniciada, mas nem todos os segurados estão com os salários sociais na conta. Para quem foi surpreendido com o bloqueio do benefício, há uma forma de contestar a decisão do poder público, sendo necessário comprar ter o direito de permanecer na folha de pagamentos.

O que fazer se Auxílio Brasil estiver bloqueado?

Em caso de bloqueio, o cidadão deve ir até um Centro de Referência em Assistência Social (CRAS) do seu município e apresentar os seguintes documentos:

  • CPF ou Título de Eleitor (apenas do RF);
  • Documento de identificação (de cada membro da família);
  • Comprovante de residência;
  • Comprovante de matrícula de crianças e adolescentes (se houver)

Após a análise da assistente social, será emitido um pedido de revisão nos dados do titular. O Ministério da Cidadania tem até 30 dias para dar uma resposta afirmando a devolução do abono ou justificando sua exclusão.

É válido ressaltar que a atualização dos dados no CadÚnico é essencial para permanecer no projeto.

Atualizar o CadÚnico pela internet?

  1. Acesse o app ou site. O app está disponível na Play Store e na Apple Store;
  2. Algumas opções aparecerão logo na primeira tela. É preciso clicar em “Atualização cadastral por confirmação”;
  3. O usuário deverá fazer login com o CPF e a senha da conta Gov.br (veja como criar uma conta Gov.br);
  4. Serão mostrados os blocos de Endereço da Família e Composição Familiar. Recomenda-se começar pelo bloco de Endereço da Família e depois passar ao de Composição Familiar. O usuário deverá conferir se todas as informações apresentadas continuam inalteradas;
  5. No bloco de Composição Familiar, o usuário será questionado se houve alteração no número de membros da família. Em seguida, será preciso confirmar se os dados relativos a cada membro continuam os mesmos;
  6. O usuário deverá, então, selecionar a opção em que confirma a veracidade dos dados informados;
  7. Por fim, será preciso clicar no botão “Confirmar dados do Cadastro Único”.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Eduarda Andrade
Maria Eduarda Andrade é mestra em ciências da linguagem pela Universidade Católica de Pernambuco, formada em Jornalismo na mesma instituição. Enquanto pesquisadora, atua na área de políticas públicas, economia criativa e linguística, com foco na Análise Crítica do Discurso. No mercado de trabalho, passou por veículo impresso, sendo repórter do Diario de Pernambuco, além de assessorar marcas nacionais como Devassa, Heineken, Algar Telecom e o Grupo Pão de Açúcar. Atualmente, dedica-se à redação do portal FDR, onde já acumula anos de experiência e pesquisas sobre economia popular e direitos sociais.