Descobri que meu Auxílio Brasil foi bloqueado, como recuperar o benefício?

Principal programa de transferência de renda do governo federal, o Auxílio Brasil deve atender a 18,1 milhões de famílias em maio. Apesar dessa quantidade impressionante de beneficiários, também é grande o número de famílias que deixam de receber o auxílio a cada mês.

Neste artigo, explicaremos o que deve ser feito nesse tipo de situação: como ter certeza de que o seu Auxílio Brasil foi bloqueado, que motivos levam ao bloqueio, como solicitar o retorno ao programa, como saber se o seu benefício voltou a ser pago, entre outras dúvidas. Confira!

Como saber se Auxílio Brasil foi bloqueado

Antes de tudo, é preciso se certificar que a data de pagamento do seu benefício já chegou. Os pagamentos ocorrem sempre de acordo com o Número de Inscrição Social (NIS) do beneficiário, nos 10 últimos dias úteis do mês.

Em maio, os depósitos do Auxílio Brasil serão feitos nas seguintes datas:

  • NIS com final 1: 18/05
  • NIS com final 2: 19/05
  • NIS com final 3: 20/05
  • NIS com final 4: 23/05
  • NIS com final 5: 24/05
  • NIS com final 6: 25/05
  • NIS com final 7: 26/05
  • NIS com final 8: 27/05
  • NIS com final 9: 30/05
  • NIS com final 0: 31/05

Se o benefício realmente não foi depositado na data prevista, você pode conferir se ele foi bloqueado através do aplicativo oficial do Auxílio Brasil ou do app Caixa Tem.

Também é possível consultar a situação do auxílio presencialmente, em unidades do CRAS ou outros órgãos equivalentes da prefeitura, ou, ainda, ligando no telefone 121.

Por que meu Auxílio Brasil foi bloqueado?

O Auxílio Brasil costuma ser bloqueado por dois motivos:

  • Cadastro no CadÚnico desatualizado: o seu cadastro precisa ser atualizado no mínimo a cada dois anos, caso contrário, você perde o direito aos benefícios do governo.
  • Não cumprimento de critérios: o governo faz uma triagem a cada mês entre os beneficiários do Auxílio Brasil, em busca de irregularidades. Caso seja constatado que a família já não atende aos critérios do programa, ela tem o benefício bloqueado.

Auxílio Brasil bloqueado: e agora, o que fazer?

Caso o auxílio tenha sido bloqueado devido a desatualização do cadastro no CadÚnico, o Responsável Familiar deve fazer a atualização em uma unidade do CRAS ou órgão equivalente da prefeitura. É importante levar os seguintes documentos:

  • CPF ou título de eleitor do responsável
  • Documentos de identidade de todos os membros da família
  • Comprovante de residência
  • Comprovante de matrícula escolar

A atualização também pode ser feita online, pelo app do Cadastro Único, mas apenas quando não há mudança na situação familiar.

Se o benefício foi bloqueado por não atendimento de critérios, é preciso contestar o bloqueio e apresentar os documentos que comprovam que os critérios para continuar no programa continuam sendo atendidos. Esse procedimento também é feito no CRAS ou órgão equivalente da prefeitura.

O prazo para ter seu pedido analisado e voltar a receber o benefício é de 30 dias.

Como saber se meu Auxílio Brasil voltou?

Depois de realizar os procedimentos acima, o cidadão pode consultar a situação do auxílio pelo app oficial, clicando em “Consulta de valores”. Se houver pagamentos agendados, eles aparecerão na tela.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Amaury Nogueira
Amaury da Silva Nogueira é bacharelando em Letras/Edição pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG). Apaixonado pelo universo da escrita, atua há dois anos como redator e realiza pesquisas sobre história da edição no Brasil. Além disso, atualmente pesquisa também sobre direitos e benefícios sociais para agregar conhecimento na redação do portal de notícias FDR.