Feirão de carros oferece financiamentos com condições especiais; como funciona? Vale a pena?

Pontos-chave
  • O feirão de carros disponibiliza diversas opções de automóveis;
  • A negociação acontece diretamente com o vendedor;
  • Este evento conta com vantagens e desvantagens.

Para realizar o sonho de comprar um carro, o mercado automotivo disponibiliza algumas opções. Um destas é o feirão de carros. Estes eventos acontecem de forma periódica, e abrange grandes variedades de ofertas. Com isso, vendedores e compradores podem fazer um bom negócio.

Feirão de carros oferece financiamentos com condições especiais; como funciona? Vale a pena?
Feirão de carros oferece financiamentos com condições especiais; como funciona? Vale a pena? (Imagem: Montagem/FDR)

Como funciona um feirão de carros

O feirão de carros é um evento tanto para quem deseja vender quanto comprar um veículo seminovo. Nesses encontros, existem grandes variedades de carros em somente um lugar. Diante desse alto número de opções, há mais facilidade para as duas partes fecharem um bom negócio.

Geralmente, os feirões de carros ocorrem nos finais de semana. Esses eventos tendem a ocorrem em espaços específicos para grandes eventos, estacionamentos de shoppings ou supermercados, por exemplo.

Para quem deseja vender e deixar o carro em exposição, deve pagar uma taxa para participar. Os preços variam conforme o local onde gostaria de expor o veículo.

Já para quem gostaria de comprar um carro, pode participar do evento gratuitamente, se for pedestre — ou pagar somente pelo estacionamento. No feirão de carros, a negociação acontece diretamente com o vendedor.

Vantagens e desvantagens de um feirão de carros

Para saber se vale a pena comprar em um feirão de carros, o interessado deve analisar as vantagens e desvantagens desse tipo de evento.

Como grande vantagem, os feirões de carros são de baixo custo. Normalmente, existe a possibilidade de encontrar valores justos — e uma grande variedade de veículos com preços abaixo da tabela.

Entre outras facilidades que podem ser encontradas nesses eventos, está a possibilidade de adquirir veículos usados ou novos com 100% de financiamento, com Imposto sobre Propriedades de Veículos Automotores (IPVA) grátis, por exemplo.

Apesar de existir vantagens, o feirão de veículos ainda apresenta alguns riscos. O principal fator de risco a ser observado é sobre a documentação. Isso vale tanto na questão de transferência quanto no histórico de problemas técnicos.

No momento da transferência, débitos pendentes e recibo em branco tendem a causar mais dificuldades. Devido a isso, a pessoa deve conferir o histórico do automóvel.

Outro ponto a ser analisado é apurar a credibilidade do evento. Neste sentido, vale descobrir detalhes sobre quem está organizando o feirão e também o espaço. Também é importante conferir, anteriormente, o preço dos veículos ofertados — e o preço de tabela.

Ainda outro aspecto a ser visto é o real estado do veículo. Em feirões, nem sempre os participantes conseguem ver o carro em movimento, realizar test-drive ou observar o interior do automóvel.

Sendo assim, o interessado precisa observar os detalhes, descobrir os custos de manutenção, depreciação mensal e impostos a serem pagos. Para tirar todas as dúvidas, é importante tirar todas as dúvidas com o vendedor.

Caso prefira, o interessado pode levar algum mecânico de confiança para avaliar o carro de interesse.

Diversos fatores podem ser considerados para saber se o feirão de carros vale a pena
Diversos fatores podem ser considerados para saber se o feirão de carros vale a pena (Imagem: Montagem/FDR)

Vale a pena participar de um feirão de carros?

Depende. Conforme visto, um feirão de carros pode apresentar vantagens e desvantagens. Em cada evento, a situação pode variar.

Na propaganda de algum feirão, os descontos podem ser atrativos, de forma a chamar a atenção de muitas pessoas.

No entanto, o cidadão não pode agir por impulso. Isso porque existe a possibilidade de que os carros, pouco antes, tenham sido inflacionados — para que, no dia do evento, os valores sejam reduzidos. Neste caso, o preço divulgado tende a ser menos vantajoso do que realmente é.

Quando o feirão acontece no começo do ano, pode ser que as pessoas consigam identificar boas ofertas. Para fazer uma boa compra, o cidadão precisa estar bem informado.

O interessado precisa acompanhar os valores da categoria de interesse. Vale se dedicar na pesquisa, indo em diversas concessionárias e agências, de diversas marcas.

Ao saber precisamente os preços de mercado dos veículos buscados, quando o vendedor informar o desconto — e as condições de compra —, o interessado poderá saber se o automóvel realmente vale a pena.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Silvio Souza
Silvio Suehiro Souza é formado em Comunicação Social - Jornalismo pela Universidade de Mogi das Cruzes (UMC). Desde 2019 dedica-se à redação do portal FDR, onde tem acumulado experiência e vasto conhecimento na área ligada a economia, finanças e investimentos. Além disso, Silvio produz análises sobre produtos e serviços financeiros, sempre prezando pela imparcialidade e informações confiáveis.