Dia das Mães: impostos podem chegar a 80% do preço do presente; saiba como economizar

O Dia das Mães deste ano promete ser um pouco mais enxuto. Um levantamento realizado pelo Instituto Reclame Aqui apontou que 75% dos brasileiros não pretendem comprar um presente para essa data. Além da inflação em alta, contribui também para esse cenário a alta carga de impostos cobrada sobre produtos que costumam ser dados às mães.

A Furtado Nemer Advogados calculou que essa carga pode chegar a representar 80% do preço dos presentes. Os campeões em impostos são os produtos importados, como perfume (79%) e vinho (69%).

A razão para isso é que, sobre os importados, além de se pagar os tributos normalmente cobrados das mercadorias nacionais, como ICMS e IPI, também se paga o imposto de importação.

Outro fator que faz a carga tributária sobre os presentes ser grande é o fato de eles serem considerados bens supérfluos, diferentes de produtos mais básicos, como alimentos, que costumam ter menos impostos.

O levantamento da Nemer Furtado Advogados também apresenta produtos eletrônicos, bens de luxo e roupas entre os que são mais taxados. Mas mesmo bens considerados mais baratos, como bijuterias (43,36%) e porta-retrato (43,47%) também se destacam na lista.

Confira quais presentes têm mais impostos:

  • Perfume importado: 78,99%
  • Vinho importado: 69,73%
  • Perfume nacional: 69,13%
  • Vodca e Whisky: 67,03%
  • iPad ou tablet importado: 59,32%
  • Tênis importado: 58,59%
  • Espumante nacional: 57,90%
  • Relógio: 56,14%
  • Cosméticos: 55,27%
  • Vinho nacional: 54,73%
  • Maquiagem: 51,41%
  • Joias: 50,44%
  • Caixinha de som: 45,81%
  • Televisor: 44,94%
  • Óculos de sol: 44,18%
  • Tênis nacional: 44%
  • Porta retrato: 43,47%
  • Bijuterias: 43,36%
  • Telefone celular: 39,80%
  • iPad/tablete nacional: 37,79%
  • Sapato: 36,17%
  • Boné: 35,06%
  • Bermuda: 34,67%
  • Blazer: 34,67%
  • Calça jeans: 34,67%
  • Camisa social: 34,67%
  • Camisa de time de futebol: 34,67%
  • Terno: 34,67%
  • Pijamas: 34,67%
  • Computador: 33,62%
  • Almoço em restaurante: 32,31%
  • Pacote viagem: 29,56%
  • Ingresso para Cinema: 20,85%
  • Ingresso jogo de futebol: 20,85%
  • Livros: 15,52%

Como economizar neste Dia das Mães

Para fugir dos preços altos, agravados pela alta carga de impostos no Brasil, os consumidores podem procurar por promoções, especialmente no comércio eletrônico, que continua sendo mais vantajoso que o comércio de rua. Grandes marcas, como Americanas e Magalu, também costumam oferecer cupons de desconto no Dia das Mães.

Em todo caso, no entanto, comprar com antecedência costuma ser uma melhor uma opção, uma vez que os preços podem subir com a aproximação da data especial.

Outras dicas interessantes são dividir a compra com outros membros da família e apostar em presentes alternativos e mais pessoais. Nesse último caso, os filhos podem preparar mimos com as próprias mãos e surpresas no dia, como almoço e piquenique.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Amaury Nogueira
Amaury da Silva Nogueira é bacharelando em Letras/Edição pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG). Apaixonado pelo universo da escrita, atua há dois anos como redator e realiza pesquisas sobre história da edição no Brasil. Além disso, atualmente pesquisa também sobre direitos e benefícios sociais para agregar conhecimento na redação do portal de notícias FDR.