Dia das Mães deve ter venda reduzida no comércio; veja os presentes mais baratos

O Dia das Mães costuma ser uma data bem movimentada no comércio brasileiro, perdendo apenas para o Natal em volume de vendas. Neste ano, no entanto, a previsão é de que a maioria dos consumidores gaste menos ou nem compre presentes para as mães, devido à inflação e à queda na renda, o que pode motivar os comerciantes a apostar nas promoções.

De acordo com a Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC), as vendas para o Dia das Mães, comemorado este ano no dia 18 de maio, devem ser 1,8% menores que as registradas em 2021. A entidade projeta um total de R$ 14,42 bilhões em vendas, frente a R$ 14,68 bilhões no ano passado.

Os setores mais afetados devem ser os de utilidades domésticas e eletroeletrônicos e de móveis e eletrodomésticos, com quedas de 9,3% e 9,5% nas vendas, respectivamente. Já o setor de calçados e acessórios, apesar de continuar como o preferido dos consumidores no Dia das Mães, deve ter um crescimento de apenas 1,4%, de acordo com a CNC.

Esses dados refletem o comportamento recente da inflação. De acordo com o IPCA acumulado de 12 meses até março, eletrodomésticos e equipamentos (20,43%) e mobiliário (19,80%) estão entre os itens que ficaram mais caros. Mas produtos considerados mais em conta, como bijuterias (19,86%) e roupas femininas (14,24%), também não escaparam.

Outro levantamento, realizado pelo Instituto Reclame Aqui, aponta que a maioria dos brasileiros não pretende comprar presente na data festiva. Esse grupo representa 75% dos consumidores entrevistados. Questionados sobre a razão para não adquirir um produto, 42% apontaram a inflação como principal motivo.

No mesmo levantamento, aqueles que afirmaram que vão comprar presente para as mães demonstraram maior preferência por produtos de beleza e perfumaria (28%) e roupas e calçados (27%).

Como economizar neste Dia das Mães

Com o aumento dos preços, especialistas indicam que a melhor alternativa continua sendo o comércio eletrônico, onde o consumidor pode achar uma variedade maior de promoções e produtos mais baratos que nas lojas físicas.

Nesse sentido, comprar com antecedência costuma valer mais à pena, uma vez que os preços podem subir com a aproximação da data. O consumidor também pode aproveitar os cupons de descontos que grandes marcas, como Americanas e Magalu, oferecem no Dia das Mães.

Outras dicas interessantes são dividir a compra com outros membros da família e apostar em presentes alternativos e mais pessoais. Nesse último caso, os filhos podem preparar mimos com as próprias mãos e surpresas no dia, como almoço e piquenique.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Amaury Nogueira
Amaury da Silva Nogueira é bacharelando em Letras/Edição pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG). Apaixonado pelo universo da escrita, atua há dois anos como redator e realiza pesquisas sobre história da edição no Brasil. Além disso, atualmente pesquisa também sobre direitos e benefícios sociais para agregar conhecimento na redação do portal de notícias FDR.