Auxílio Brasil em maio: qual o valor? Quando recebo? Já posso consultar meu cadastro?

Pontos-chave
  • Calendário de maio está disponível;
  • Saiba como consultar o valor do seu benefício;
  • Atualização no cadúnico garante o seu pagamento.

Auxílio Brasil é confirmado em maio com reajuste nas mensalidades. A partir do próximo dia 18, o Ministério da Cidadania retoma mais um calendário de pagamentos pelo programa. Desse modo, os beneficiários devem ficar atentos aos informes do cadúnico e consultar os valores que irão receber. Confira.

Auxílio Brasil em maio: qual o valor? Quando recebo? Já posso consultar meu cadastro? (Imagem: FDR)
Auxílio Brasil em maio: qual o valor? Quando recebo? Já posso consultar meu cadastro? (Imagem: FDR)

O Auxílio Brasil deve contemplar cerca de 18 milhões de brasileiros no mês de maio. Para ter direito, no entanto, o cidadão precisa cumprir os requisitos básicos do projeto e ter os informes atualizados no cadúnico. Quem já era contemplado deve ainda consultar se o abono foi mantido.

Como consultar meu cadastro no Auxílio Brasil?

Você pode consultar pelo app do projeto, seguindo os passos abaixo:

  • Faça o download do aplicativo do Auxílio Brasil;
  • Inicie o acesso inserindo o número do CPF;
  • Em seguida, crie uma senha e conclua o acesso;
  • Após entrar no aplicativo, na tela inicial, clique no botão de consulta dos valores.

Além disso, é possível ainda ter informações através dos telefones:

  • Telefone 111: Central da Caixa Econômica Federal (CEF);
  • Telefone 121: Central de Relacionamento do Ministério da Cidadania.

Estou fora da lista de pagamentos, o que devo fazer?

Se o seu cadastro está inativo, imediatamente você deve acessar o CadÚnico para atualizar sua documentação. Desse modo, o Ministério da Cidadania, em uma nova triagem, irá verificar a correção dos seus informes e pode reaver o pagamento.

A atualização dos dados no Cadastro Único deve ser feita nos seguintes passos:

  1. Acesse o app ou site. O app está disponível na Play Store e na Apple Store;
  2. Algumas opções aparecerão logo na primeira tela. É preciso clicar em “Atualização cadastral por confirmação”;
  3. O usuário deverá fazer login com o CPF e a senha da conta Gov.br (veja como criar uma conta Gov.br);
  4. Serão mostrados os blocos de Endereço da Família e Composição Familiar. Recomenda-se começar pelo bloco de Endereço da Família e depois passar ao de Composição Familiar. O usuário deverá conferir se todas as informações apresentadas continuam inalteradas;
  5. No bloco de Composição Familiar, o usuário será questionado se houve alteração no número de membros da família. Em seguida, será preciso confirmar se os dados relativos a cada membro continuam os mesmos;
  6. O usuário deverá, então, selecionar a opção em que confirma a veracidade dos dados informados;
  7. Por fim, será preciso clicar no botão “Confirmar dados do Cadastro Único”.

Quando recebo a próxima parcela do Auxílio Brasil?

  • Final do NIS 1 – 18 de maio
  • Final do NIS 2 – 19 de maio
  • Final do NIS 3 – 20 de maio
  • Final do NIS 4 – 23 de maio
  • Final do NIS 5 – 24 de maio
  • Final do NIS 6 – 25 de maio
  • Final do NIS 7 – 26 de maio
  • Final do NIS 8 – 27 de maio
  • Final do NIS 9 – 30 de maio
  • Final do NIS 0 – 31 de maio

Quais são os benefícios extras atualmente aprovados?

  • Benefício Primeira Infância: famílias com crianças de até 3 anos recebem o valor de R$ 130;
  • Benefício de Superação da Extrema Pobreza: jovens de 18 a 21 anos incompletos recebem R$ 65, o intuito é o incentivo para que os jovens concluam a escolarização;
  • Benefício Composição Familiar: para famílias que tenham gestantes, ou pessoas de 3 a 17 anos de idade, ou de 18 a 21 anos matriculados na educação básica. O valor do benefício será de R$ 65 por pessoa, no limite de até cinco benefícios por família;
  • Auxílio Esporte Escolar: estudantes de 12 a 17 anos incompletos que se destacam em competições oficiais do sistema de jogos escolares brasileiros e que são de famílias beneficiárias do Auxílio Brasil recebem parcela única de R$ 1 mil ou R$ 100 mensais;
  • Bolsa de Iniciação Científica Júnior: para estudantes com bom desempenho em competições acadêmicas. O valor é de 12 parcelas mensais de R$ 100 ou R$ 1 mil em parcela única;
  • Auxílio Criança Cidadã: para o responsável de criança de até 4 anos incompletos que tenha fonte de renda, mas não consiga vaga em creches públicas ou de rede conveniada. O valor é de R$ 200 para crianças matriculadas em período parcial e R$ 300 em período integral;
  • Auxílio Inclusão Produtiva Rural: destinado para agricultores familiares inscritos no Cadastro Único para programas sociais do Governo Federal (CadÚnico). O valor recebido deve ser de R$ 200;
  • Auxílio Inclusão Produtiva Urbana: destinado para quem comprovar vínculo de emprego formal. Valor recebido deve ser de R$ 200;
  • Regra de Emancipação: para beneficiários que tiveram aumento de renda per capita ultrapassando o limite para a inclusão no auxílio, estes serão mantidos na folha de pagamento por mais 24 meses.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Eduarda Andrade
Maria Eduarda Andrade é mestra em ciências da linguagem pela Universidade Católica de Pernambuco, formada em Jornalismo na mesma instituição. Enquanto pesquisadora, atua na área de políticas públicas, economia criativa e linguística, com foco na Análise Crítica do Discurso. No mercado de trabalho, passou por veículo impresso, sendo repórter do Diario de Pernambuco, além de assessorar marcas nacionais como Devassa, Heineken, Algar Telecom e o Grupo Pão de Açúcar. Atualmente, dedica-se à redação do portal FDR, onde já acumula anos de experiência e pesquisas sobre economia popular e direitos sociais.