Indústria automobilística enfrenta uma séria dor de cabeça; saiba qual é

O mês de abril chegou ao fim registrando mais uma queda nas vendas de veículos novos no país. De acordo com um balanço revelado na terça, 3, pela Fenabrave, associação de concessionárias, forma comercializados 136.341 automóveis e comerciais leves no Brasil. Esta quantidade é 16,8% inferior que o registrado no mesmo período do ano passado, quando foram vendidas 163.867.

Considerando o acumulado do ano até aqui, a queda nas vendas é de 22,8%. Nos quatro primeiros meses de 2022, foram vendidos 510.846 unidades, o que é quase 150 mil unidades a menos do que o registrado no primeiro quadrimestre do último ano. Se este ritmo perdurar, o ano de 2022 deve fechar com os emplacamentos na faixa dos dois milhões de veículos.

Mas, se serve de consolo, o resultado do mês de abril foi superior ao de março. No entanto, a alta não foi tão significativa, 1,1%. É necessário levar em conta que abril teve dois feriados prolongados.

Motos ganham terreno 

Se por um lado, a venda de carros e comerciais leves está reduzida, a venda de motos está passando por um excelente momento. Ao todo, em abril, foram emplacadas 107.737 motocicletas. A quantidade é menor ao registrado em março, mas representa alta de 13,8% em relação a abril de 2021.

No quadrimestre, foram comercializadas 382.497 motos, 27,4% a mais do que no quadrimestre do ano passado.

Com isso, a participação das motos no mercado nacional avançou e já se aproxima  da dos automóveis e comerciais leves. Elas respondem atualmente 38,4% das vendas, ante 41,1% dos motorizados de quatro rodas.

No ano passado, como parâmetro de comparação,  os percentuais eram de 28% e 49,2%, respectivamente.

Marcas e modelos

No mês, a Fiat Strada foi o veículo mais vendido do país. A picape compacta teve um total de 7.983 unidades emplacadas, subindo a liderança no acumulado. Entre os carros de passeio, o Hyundai HB20 liderou com 6.502 unidades. O modelo se prepara para uma reestilização.

A Fiat segue na liderança entre as marcas no Brasil. No mês passado, cinco dos dez modelos mais vendidos eram da marca italiana. Além da líder Strada, Mobi, Pulse, Argo e Toro aparecerem no ranking.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Paulo Amorim
Paulo Henrique Oliveira é formado em Jornalismo pela Universidade Mogi das Cruzes e em Rádio e TV pela Universidade Bandeirante de São Paulo. Atua como redator do portal FDR, onde já cumula vasta experiência e pesquisas, produzindo matérias sobre economia, finanças e investimentos.