Nubank fecha contrato de R$ 36 milhões com a Anitta; saiba mais

O Nubank fechou um contrato de R$36 milhões com a produtora da cantora Anitta, a Rodamoinho, segundo informações divulgadas nesta semana pelo Valor Econômico.

Através de seu formulário de referência, o banco digital revelou que os oito integrantes do seu conselho de administração receberão juntos R$11,72 milhões este ano, sendo R$ 10,902 milhões em ações e R$ 269,815 mil em pró-labore (remuneração de sócios).

A cantora Anitta foi revelada como membro do conselho do Nubank em junho de 2021. No anúncio, a fintech ressaltou que Anitta não seria garota propaganda da empresa e iria receber como todos os outros conselheiros.

“Ela terá um papel importante em ajudar a empresa a aprimorar ainda mais seus serviços e produtos”, disse o banco na época.

Por conta disso, a cantora tem direito a uma parte dos R$11,172 milhões voltados para os membros. Porém, a produtora Rodamoinho fechou um contrato de R$ 35,951 milhões com o banco, por um período de cinco anos.

De acordo com o que foi divulgado pelo jornal dos grupos Folha e Globo, o documento diz que o contrato se trata de um acordo de prestação de serviços de marketing, publicidade e concessão de direitos.

Por fim, informações revelam que uma parcela do montante envolvido será liquidado através da emissão de unidades restritas de ações (RSUs).

Anitta no Nubank 

Através de um comunicado feito pelo Nubank, a fintech explicou que Anitta irá auxiliar o banco a melhorar seus serviços e produtos. A cantora, que tem uma fortuna avaliada em US$ 100 milhões, deve fazer propagandas para o banco.

Em uma conversa com Cristiana Junqueira, uma das fundadoras do Nubank, Anitta falou da carreira, empreendedorismo, mercado internacional entre outras coisas.

“A inspiração para o produto veio de uma nova geração. Os produtos premium tinham sido desenhados para nossos pais, com referência a status e luxo, coisas que não fazem sentido. Começamos a ter essa discussão sobre o que é ‘chegar lá’ e o que é ter sucesso, e veio a ideia das frases secretas no cartão, que podem ser vistas com luz ultravioleta”, afirmou Cristina, durante o evento de lançamento.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Paulo Amorim
Paulo Henrique Oliveira é formado em Jornalismo pela Universidade Mogi das Cruzes e em Rádio e TV pela Universidade Bandeirante de São Paulo. Atua como redator do portal FDR, onde já cumula vasta experiência e pesquisas, produzindo matérias sobre economia, finanças e investimentos.