Revolução: Real Digital chega no segundo semestre, aponta presidente do Banco Central

Real Digital chega no segundo semestre, anuncia  presidente do Banco Central. O lançamento que deverá ser feito em fases, não estará disponível para toda a população no primeiro momento.

No último dia 11, o presidente do BC, Roberto Campos Neto, comunicou sobre a possível chegada da criptomoeda da instituição no segundo semestre. A CBDC (sigla em inglês para moeda digital emitida por banco central) será como a versão digital do real, tendo seu valor baseado no Sistema de Transferência de Reservas, o STR.

Durante a apresentação, Campos Neto destacou que diversos Bancos Centrais têm desenvolvido suas próprias moedas digitais, como exemplo as instituições dos Estados Unidos, China e Ucrânia. Durante o anúncio, o presidente exibiu por meio de gráfico como tem sido desenvolvido o Real Digital, com suas etapas que devem encerrar com a fase teste em 29 de julho. Após o prazo, deve ter início o projeto piloto.

Mais informações sobre o Real Digital

Ainda em março, o BC anunciou a escolha de nove projetos para auxiliar no desenvolvimento do Real Digital. Entre as empresas escolhidas, o Mercado Bitcoin se tornou responsável pelo DvP, sigla em inglês para entrega versus pagamento, dos ativos digitais. Outras empresas também fizeram parte do grande projeto, como Visa, Tecban, Febraban e Santana.

Apesar do comunicado quanto à introdução do Real Digital no mercado, ainda não existem informações concretas sobre o funcionamento da criptomoeda. O que se sabe até o momento é que de acordo com Campos, a moeda terá um limite de emissão, a quantidade máxima de retirada já acontece com outras criptomoedas como a conhecida Bitcoin.  

Campos explica que atualmente enxerga as criptomoedas sendo mais utilizadas no ramo dos investimentos, mas que a adoção das moedas digitais como método de pagamento deve crescer. “A gente tem o STR, um sistema que liquida todos os ativos e tem como garantia o Real. Então a gente vai ter como se fosse um sistema em cima desse, um STR digital, onde vai ser garantido pela moeda digital, o Real Digital, e os bancos vão conseguir emitir stablecoins em cima dos seus depósitos”, conta o presidente do Banco Central.

 

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Hannah Aragão
Hannah Aragão é graduanda em jornalismo pela Universidade Federal de Pernambuco, a UFPE. Atuou em diversas áreas da comunicação, passando por assessoria, endo marketing, comunicação estratégica e jornalismo impresso. Atualmente, se dedica ao jornalismo online na produção de matérias para o portal FDR.