Especial Dia do Trabalho: por que 1º de Maio é considerado o Dia do Trabalhador?

Data é comemorada em diversos países, além do Brasil. O Dia do Trabalho teve início em 1886 nos Estados Unidos; conheça a história por trás desse dia que relembra as conquistas dos empregados e pontua novas lutas.

Especial Dia do Trabalho: por que 1º de Maio é considerado o Dia do Trabalhador?
Especial Dia do Trabalho: por que 1º de Maio é considerado o Dia do Trabalhador? (Imagem: Montagem/FDR)

Se você pensava que o Dia do Trabalho era comemorado apenas no Brasil, se enganou, essa data nem sequer foi criada em solo brasileiro.

Esse dia foi instituído em 1886 nos EUA quando trabalhadores foram às ruas pedindo redução na carga horária máxima de trabalho diário.

Dia do Trabalhador contexto histórico

Esse dia é feriado no Brasil, nesse ano caindo em um domingo, e em países como os da América do Sul, México, na Rússia, na Índia, na China, na maior parte dos países da África e em quase toda a Europa Ocidental.

“Diária de oito horas sem redução no pagamento” foi o slogan utilizado durante a manifestação que reuniu mais de 300 mil manifestantes nas ruas de Nova York, Chicago, Detroit e Milwaukee, e diversas outras cidades .

Esse foi o marco inicial de uma greve geral que foi agravada quando 2.500 manifestantes se reuniram em assembleia em Chicago, na praça Haymarket para manifestar, o que fez com que o prefeito , Carter Harrison Sr., comparecesse no local.

Após ir embora, quando o número de manifestantes já havia reduzido, um grupo com 17 policiais cercaram 2000 pessoas ainda estavam na praça.

O resultado foi desastroso, quatro trabalhadores e 7 policiais foram mortos, e outras 130 pessoas ficaram feridas.

Os dias seguintes foram de grande movimentação policial para impedir que novos cenários como esse acontecesse na cidade.

No Brasil, em 1925, após o início das lutas trabalhistas, o então presidente Artur Bernardes decretou o Dia do Trabalhador, como também é chamado, em 1º de maio.

Mas, apenas em m 1º de maio de 1943, data escolhida de propósito, o Getúlio Vargas assinou o Decreto-Lei nº 5.452, que estabelecia a Consolidação das Leis do Trabalho (CLT)

Para saber mais sobre vagas de emprego, vestibulares e cursos, acompanhe a editoria de Carreiras do FDR.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Jamille Novaes
Jamille Pereira Novaes é graduada em Letras Vernáculas pela Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (UESB), pós-graduada em Gestão da Educação pelo Centro Universitário Maurício de Nassau (UNINASSAU). Como professora de Língua Portuguesa, já atuou no ensino fundamental I e II. Atualmente, trabalha como professora de Língua Portuguesa no ensino técnico e redatora da editoria de carreiras do portal FDR. Jamille utiliza sua experiência na área da educação para cobrir notícias sobre cursos, vestibulares, empregos e concursos.