Instituto criado pela SulAmérica vai atender 150 mil pessoas em situação de vulnerabilidade

O Grupo SulAmérica, líder no setor de seguros no Brasil, criou o Instituto SulAmérica, uma organização sem fins lucrativos que promoverá ações de acesso à saúde para pessoas em situação de vulnerabilidade social. A meta é atender 150 mil pessoas ao longo de 5 anos.

A prioridade no início das atividades do instituto será o acesso à saúde mental e emocional. Como a própria organização destaca no documento que anuncia sua criação, problemas de ordem psicológica, especialmente ansiedade e depressão, crescem de forma preocupante no Brasil e no mundo, mas ainda são pouco debatidos.

Esse ônus recai especialmente sobre os mais pobres, entre os quais o acesso à saúde mental é restrito e estigmatizado. Somente entre adultos moradores de comunidades carentes brasileiras, um dos públicos-alvo do instituto, a taxa de ansiedade seria de 36%.

Porém, como o diretor executivo do instituto, Luiz Pires, esclarece, o objetivo será promover saúde integral às famílias vulneráveis, com iniciativas nas áreas psicológica, médica e financeira.

“O Instituto SulAmérica foi criado para levar saúde integral para um maior número de pessoas. E, para nós, cuidar da saúde integral é ter mente, corpo e bolso em equilíbrio. As nossas ações começarão pela promoção da saúde emocional, normalizando a discussão sobre o tema e apoiando o diagnóstico e tratamento de transtornos como ansiedade e depressão, com meta de impactarmos 150 mil vidas em cinco anos”, afirma Luiz.

Primeiras ações

O Instituto SulAmérica já surge como embaixador da iniciativa #MenteEmFoco, que estimula empresas a adotarem ações concretas de promoção da saúde mental. O projeto é realizado pela Rede Brasil do Pacto Global da ONU, do qual o instituto é signatário.

Outras ações sociais já foram iniciadas antes do lançamento oficial do instituto. Desde o início de março, são oferecidos atendimentos médico e psicológico gratuitos para moradores de Petrópolis, Angra dos Reis e Paraty, municípios afetados por fortes chuvas nos primeiros meses do ano. Os atendimentos se dão através da Docway, startup de telemedicina do Grupo SulAmérica.

Outra iniciativa que está sendo executada pelo instituto é a campanha “Saúde da Mulher, onde ela estiver”. Lançada em 8 de março, Dia Internacional da Mulher, tem por objetivo fornecer mais de 700 atendimentos psicológicos gratuitos para mulheres de todo o país, também através da Docway.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Amaury Nogueira
Amaury da Silva Nogueira é bacharelando em Letras/Edição pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG). Apaixonado pelo universo da escrita, atua há dois anos como redator e realiza pesquisas sobre história da edição no Brasil. Além disso, atualmente pesquisa também sobre direitos e benefícios sociais para agregar conhecimento na redação do portal de notícias FDR.