Bolsa de Valores: descubra o que fez as ações da SulAmérica (SULA11) dispararem

Nesta quinta-feira (24), as ações da SulAmérica fecharam o pregão com alta de 15,19%, a R$ 35,64. Na véspera, os papéis da companhia já tinham valorizado quase 25%. A tendência positiva acontece após a SulAmérica anunciar que foi comprada pela Rede D’Or.

Bolsa de Valores: descubra o que fez as ações da SulAmérica (SULA11) dispararem
Bolsa de Valores: descubra o que fez as ações da SulAmérica (SULA11) dispararem (Imagem: Montagem/FDR)

Durante a sessão desta quinta, as ações da SulAmérica chegaram a subir 22%. No entanto, diante do anúncio de guerra entre Rússia e Ucrânia — e os mercados pelo mundo serem afetados —, os papéis da empresa devolveram parcela dos ganhos no dia.

Na Bolsa de Valores, a empresa está avaliada em R$ 10,35 bilhões. A SulAmérica, que possui 7 milhões de clientes, é considerada a maior seguradora independente do país.

Ações da SulAmérica disparam após fusão com a Rede D’Or

As duas empresas confirmaram que firmaram um acordo de associação, que prevê a incorporação da SulAmérica pela Rede D’Or.

Segundo comunicado, a SulAmérica assumiu dever de exclusividade de negociação com a Rede D’Or, com validade de 12 meses, sujeito ao pagamento de multa de R$ 5 bilhões na hipótese de descumprimento.

A SulAmérica definiu obrigação de exclusividade por 18 meses. Para a garantia desse ponto, está prevista uma multa de R$ 2 bilhões não-compensatória.

Após a transação, os acionistas da SulAmérica terão direito a ações ordinárias da Rede D’Or. A rede de hospitais continuará como empresa aberta listada no Novo Mercado da B3.

A relação de alteração de papéis é de 0,2561 nova ação ordinária da Rede D’Or para cada ação ordinária da SulAmérica — ou 0,7630 papel ordinário para cada unit da SulAmérica.

Os preços de referência são as cotações de encerramento de 18 de fevereiro. Como prêmio, as units da SulAmérica terão um adicional de 49,3%.

Os investidores da empresa vendida terão direito de retirada, com reembolso de R$ 6,77 por ação ou R$ 20,31 por unit. O cálculo se base no patrimônio líquido em 31 de dezembro de 2021.

A operação ainda passará por avaliação dos acionistas em assembleias gerais das duas empresas.

Em comunicado conjunto, as companhias alegam que a operação abrange dois líderes de mercado de saúde no país — unindo a maior rede hospitalar e uma das principais seguradoras independentes do Brasil.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Silvio Souza
Silvio Suehiro Souza é formado em Comunicação Social - Jornalismo pela Universidade de Mogi das Cruzes (UMC). Desde 2019 dedica-se à redação do portal FDR, onde tem acumulado experiência e vasto conhecimento na área ligada a economia, finanças e investimentos. Além disso, Silvio produz análises sobre produtos e serviços financeiros, sempre prezando pela imparcialidade e informações confiáveis.